• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > gastronomia > culinária

Gastronomia - Culinária

 

Quarta-feira, 08 de Junho de 2016

Dilma não cede a pressão e avisa: viaja de ônibus, caminhão e até avião....

Da Redação

Bicicleta cruzando a pista.... Dilma viaja até a pé
Bicicleta cruzando a pista.... Dilma viaja até a pé
O problema agora é do presidente interino. Tentando reduzir seu ciclo político no país, onde tem denunciado o golpe em curso, a presidenta Dilma Rousseff moveu a última pedra neste tabuleiro do golpe. Após o presidente interino cortar seu cartão de alimentação, o acesso livre à sua casa e até o avião ao qual tem direito, da Força Aérea Brasileira, Dilma reagiu:

- Vou continuar viajando. À pé, de ônibus, caminhão e até avião - disse.

Nas redes sociais a presidenta tem reafirmado que não deixará de circular. Temer colocou o avião a disposição da presidenta apenas para que ela vá a Porto Alegre. Mas, como presidenta, e com muitos compromissos, ela precisa viajar pelo país. O problema, segundo revelam fontes de Brasília, é que Temer associa seu desgaste imutável desde que assumiu a interinidade, ao momento em que Dilma surge, aos olhos do mundo, como vítima do golpe.

Mas com sua decisão, Dilma coloca um alvo na testa de Temer. Ao cortar o avião oficial da presidenta, ele a expõe a toda sorte de riscos. Caso algo aconteça e ameace sua integridade física será dele a responsabilidade.


Um documento protocolado pelo advogado José Eduardo Cardozo aponta que, "independentemente do equívoco jurídico" que motivou a decisão do governo de restringir os voos de Dilma, esse "equívoco" não tem o poder de impedir que Dilma viaje pelo país. O documento também informa que ela passará a fazer suas viagens por avião de carreira e "por meio terrestre".


Cardozo ressaltou que o uso de aviões da FAB por Dilma para essas viagens representa "situação equivalente" à de Temer quando o peemedebista exercia a função da vice-presidente. Temer usava aeronaves da Força Aérea para "reuniões políticas" fora do exercício de funções da vice-presidência e que nunca foi proibido de fazer isso.


 

Veja também:

>> Ocupação da Secretaria de Educação do Rio - acordos não cumpridos - vídeo

>> Penélope Toledo: musa uma ova, Rosângela Santos é atleta

>> Dia dos Namorados é para levar o amor ao pé da mesa

>> Patrícia Pillar: colocar o governo "mafioso" no poder não valeu a pena

>> Sonia Braga dá "aula de história" a ministro da Cultura

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dilma não cede a pressão e avisa: viaja de ônibus, caminhão e até avião....
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!