Lisimáquia – Lysimachia procumbens: Como Cuidar?

A Lisimáquia (Lysimachia Procumbens) é uma planta ornamental que conquista os corações dos amantes de jardinagem com sua exuberância e beleza. Originária da Europa, Ásia e América do Norte, essa planta herbácea se destaca por suas folhas brilhantes e suas flores amarelas vibrantes, que criam um efeito visual encantador.

Se você está pensando em adicionar mais vida e cor ao seu jardim, a Lisimáquia é uma excelente escolha.

Lysimachia
Close-up das flores soltas amarelas (lysimachia punctata) em flor. Tirada no final de julho em um jardim botânico Textura fundo planta flor solta amarela dourada.

Cultivo

A Lisimáquia é uma planta de fácil cultivo e se adapta a diferentes tipos de solo, desde que sejam bem drenados. Ela prefere locais com sol pleno, mas também pode ser cultivada em meia sombra. Para garantir o desenvolvimento saudável da planta, é importante regá-la regularmente, mantendo o solo úmido, mas não encharcado.

Propagando a planta

Uma das vantagens da Lisimáquia é a facilidade de propagação. Você pode multiplicar suas plantas através da divisão das touceiras.

No início da primavera ou no outono, basta remover cuidadosamente alguns caules da planta-mãe, garantindo que cada pedaço tenha raízes e folhas. Plantar esses pedaços em um solo bem preparado e regá-los regularmente ajudará no enraizamento e no crescimento das novas plantas.

lisimachia
Lysimachia punctata (Garden Loosestrife, Yellow Loosestrife ou Garden Yellow Loosestrife), foco seletivo

Como cuidar da Lisimáquia

Ao cultivar Lisimáquia em seu jardim, é importante fornecer a ela alguns cuidados básicos. Além da rega regular, é recomendado adicionar uma camada de cobertura morta ao redor da planta para ajudar a reter a umidade do solo, controlar o crescimento de ervas daninhas e proteger as raízes durante os meses mais frios.

Além disso, realizar uma adubação leve a cada primavera e remover as flores murchas ou amareladas ajudará a promover um crescimento saudável e a proliferação de novas flores.

Possíveis problemas no plantio

Embora seja uma planta resistente, a Lisimáquia pode ser suscetível a alguns problemas. O principal deles é o ataque de pragas, como pulgões e cochonilhas.

Verifique regularmente suas plantas em busca de sinais de infestação e, se necessário, trate-as com inseticidas naturais ou consulte um profissional se a infestação estiver muito avançada. Além disso, a Lisimáquia pode ser sensível a doenças fúngicas, então evite regar a planta na parte da manhã e certifique-se de que o solo não fique encharcado.

lisimachia planta
Foto macro natureza amarela Lysimachia vulgaris flor. Flor amarela dourada do loosestrife da planta do fundo da textura.

Utilização na jardinagem

A Lisimáquia é uma planta versátil que pode ser usada de diferentes maneiras na jardinagem. Devido ao seu formato rastejante, ela é perfeita para cobrir o solo e criar uma bela cobertura vegetal. Se você tem um jardim de pedras ou um canteiro que precisa ser preenchido, a Lisimáquia pode ser uma escolha excelente. Além disso, ela também pode ser cultivada em vasos suspensos, trazendo mais vida e cor para varandas e sacadas.

Conclusão

A Lisimáquia é uma planta encantadora que sem dúvidas irá valorizar qualquer espaço verde. Com sua folhagem brilhante e flores amarelas vibrantes, ela traz vida e alegria ao jardim. Além disso, sua fácil propagação e cuidados básicos tornam uma escolha ideal para jardineiros amadores e experientes.

Aproveite os encantos dessa planta exuberante e transforme seu jardim em um verdadeiro oásis de beleza e cor.

Ficha técnica

Nome Popular: Lisimáquia
Nome científico: Lysimachia procumbens
Família: Primulaceae
Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra
Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, China
Altura: 0.1 a 0.3 metros, 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros
Luminosidade: Meia Sombra
Ciclo de Vida: Perene


Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp