• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20171123 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Funcionários do SBT cancelam festa de fim de ano por conta das demissões

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Câmara de Niterói inclui mídia alternativa na publicidade oficial

Da Redação

Leonardo Giordano: plurlidade na comunicação
Leonardo Giordano: plurlidade na comunicação

Uma decisão inédita no Rio de Janeiro e que poderá ampliar e fortalecer a mídia alternativa. Projeto de lei do vereador Leonardo Soares Giordano (PCdoB), de Niterói, inclui no bolo do recebimento da publicidade oficial os jornais, sites, rádios e TVs alternativas do Rio, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Niterói que deu parecer favorável ao Projeto de Lei 025/2017. O objetivo é ampliar a pluralidade da comunicação e, em contrapartida, diversificar também a opinião.



O projeto de lei aprovado, mas precisa seguir tramitando na Câmara e depois, caso aprovado, ir para sanção do prefeito Rodrigo Neves. O PL é composto de oito artigos nos quais são elencadas as razões técnicas e políticas para a decisão. O mais importante é que, caso aprovada, a medida não irá aumentar gastos de recursos públicos tendo em vista que não busca novas fontes de receitas. Ele apenas reparte 30% deste volume já existente para outros segmentos da mídia que vão além dos jornais, TVs e rádios tradicionais.

Com maior fonte de receita o mercado jornalístico irá ganhar oxigênio aumentando a contratação de profissionais. Hoje o número de repórteres e fotojornalistas desempregados supera duas vezes o número de profissionais que atuam no mercado de trabalho - fato inédito na história da profissão.


Projeto carioca não se tornou realidade



No Rio, por ação direta do vereador Reimont (PT), medida semelhante foi aprovada há quatro anos. Mas, na prática, ela jamais foi executada. A totalidade dos recursos permanecem sendo destinados às grandes empresas de comunicação. Mas, ao contrário da aprovada no Rio, desta vez sites independentes e TVs comunitárias serão contemplados.


Autor do projeto, inspirado em pleito histórico do grupo de Mídia Independente Barão de Itararé, Leonardo Giordano disse que o PL visa garantir a mais ampla diversidade e pluralidade das informações e notícias de interesse público.

- Para além do uso dos grandes e concentrados veículos que predominam no mercado de comunicação, devemos buscar o fortalecimento de uma rede de comunicação plural e diversificada. Não é objetivo desse projeto criar um novo orçamento, o que estaria fora de nossa competência, mas sim redistribuir o orçamento já existente destinado à publicidade oficial da prefeitura através da criação de cotas - disse.


Concorrência fortalece a democracia



A pluralidade da comunicação é elemento essencial em uma democracia. Pouco exercida no Brasil, onde a grande mídia está restrita à cinco famílias que atuam em campo político conservador, a internet figurou assim como um meio real de alcançar a diversidade.

Entretanto, em vez disso, a dificuldade em encontrar meios de sobrevivência tem determinado o fim de muitas iniciativas independentes. Desta forma, o PL do vereador Leonardo Giordano passa a ser encarado como decisão além de corajosa por enfrentar o status quo, mas inaugural de um novo momento da comunicação e principalmente do Jornalismo. Foram 1.200 jornalistas demitidos só no ano passado em todo o Brasil, segundo revela a ABI. Esta semana 24 profissionais da Rede Record também ficaram desempregados.

Importante frisar que a ABI atua de maneira restrita na defesa do velho modelo de comunicação. E mesmo assim seu termômetro tem acusado o golpe: "O site ABI Online registrou ao longo do ano o fechamento de cerca de 15 veículos, entre eles emissoras de rádio e TV e jornais impressos".

Entretanto, antes de mais nada, é necessário que o projeto seja aprovado e posto em prática. Uma luta que deveria ser de toda a categoria.

 

Veja também:

>> Mulher agredida por vereador tucano se diz ameaçada

>> Reinaldo Azevedo diz que procurador da Lava-Jato ganha acima do piso

>> Morre o ator e humorista Paulo Silvino

>> A "Guerra" convocada pela Globo que não interessa a ninguém

>> Brasileiro morre após fazer travessia ilegal entre México e EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Câmara de Niterói inclui mídia alternativa na publicidade oficial
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!