• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quarta-feira, 10 de Julho de 2019

Racismo na TV:apresentador ofende o povo negro ao criticar Ibope - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quarta-feira, 19 de Junho de 2019

Moro recorre a vitimização em depoimento no Senado

Moro se passou por vítima da oposição
Moro se passou por vítima da oposição

Protegido por um contingente majoritário de parlamentares pró-governo ou com problemas na Justiça, o que fazem deles aliados por prevenção, o ex-juiz e ministro da Justiça não encontrou um clima hostil durante seu depoimento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal. A começar pela presidente da Comissão, Simone Tebet (MDB/MT), que disse que lá não estaria o ministro nem na condição de testemunha e tampouco de réu, Moro encontrou uma marola boa para surfar entre senadores dóceis.



O ambiente, portanto, foi amplamente favorável para o ex-juiz, tão cheio de si e de certezas, recorrer à vitimização. Se disse comprador de celulares baratos e desconhecedor profundo das redes sociais.

Lembrou que uma das senadoras presentes era uma juíza que poderia confirmar que a conversa entre as partes é absolutamente comum no Direito brasileiro. A juíza em questão é Selma Arruda, do PSL do Mato Grosso, que teve cassado inicialmente seu mandato por uso de caixa dois - leia aqui.

O senador Angelo Coronel, do PSD da Bahia, desafiou Moro a disponibilizar seu telefone. Mas Moro insiste que as mensagens desapareceram no instante em que se desligou do aplicativo Telegram.

Moro reforçou ainda que não se recorda das mensagens enviadas há um mês, que dirá aquelas supostamente trocadas há dois ou três anos. No que um senador gaiato retrucou:

- De fato não se pode exigir da memória de Sérgio Moro. Ele, no programa do Bial, esqueceu da última biografia que leu.... ironizou.

 

Veja também:

>> Minha amiga e seu genro Índigo

>> Condenado a indenizar padres, Ratinho foi só sorrisos ao receber Sérgio Moro

>> "Os Dias de Dostô": novela da internet chega ao sétimo capítulo

>> Brasil pós-golpe viu desemprego aumentar 42% entre 2015 e 2019

>> Ciclista morto em atropelamento por ônibus será homenageado no Rio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Moro recorre a vitimização em depoimento no Senado
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!