• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > cinema

Cultura - Cinema

 

Segunda-feira, 07 de Maio de 2018

Diretor de cinema sul africano morre após ataque de girafa

O golpe com a cabeça e pescoço é a arma do animal na disputa por alimento ou por na disputa por uma fêmea
O golpe com a cabeça e pescoço é a arma do animal na disputa por alimento ou por na disputa por uma fêmea
Aos 47 anos, Carlos Carvalho já havia sido premiado em Cannes e no seu país, a África do Sul, por participação em filmes que tratavam do mundo animal. No dia 2 de maio, durante filmagens realizadas naquele país para um documentário, ele, que trabalhava como cinegrafista neste novo trabalho, foi golpeado pela cabeça do animal quando tentava fazer um close do seu rosto. A girafa era conhecida do grupo de filmagem e havia recebido o apelido de "Gerald". Sua morte foi confirmada neste domingo (6).

Contratado pela agência de filmagens CallaCrew, Carvalho morreu em função dos ferimentos ainda naquela noite antes mesmo de chegar a uma unidade médica na capital, Joanesburgo. Ele estava filmando cenas na fazenda Glen Afric em Broederstroom, que é famosa por participar da série de TV britânica Wild at Heart.

Dono da reserva ecológica, Richard Brooker disse que a girafa não seria abatida porque o animal, conhecido na região, não era considerado perigoso. ele narrou os últimos momentos que antecederam ao ataque: "Quando Carlos estava na frente da girafa, o animal abriu as pernas, inclinou o pescoço e virou a cabeça para Carlos", disse ele.


Um porta-voz da Glen Afric disse que houve um excesso de confiança do profissional. Segundo ele, Carvalho "agiu por conta própria" e ignorou as instruções de segurança para não abordar os animais.

Membro da equipe de filmagem, Drikus Van Der Merwe estava ao lado do Sr. Carvalho quando o incidente ocorreu em 2 de maio. Ele disse que ante a aproximação do animal ninguém se preocupou porque parecia que a girafa estava curiosa com tanta parafernália ao seu redor. "Não nos sentimos ameaçados porque ele parecia ser curioso.

E completou:

-Começamos a fotografar closes de seu corpo e seus pés. Então, enquanto Carlos olhava pela acertar o foco da câmera, "Gerald" (a girafa) balançou o pescoço e bateu na cabeça dele.

"Foi rápido e Carlos nem teve tempo de perceber o que aconteceu. Ele não estava ciente do perigo. Na hora imaginei que ele tinha um traumatismo craniano grave. Mas nunca pensei que ele morreria".

 

Veja também:

>> Turismo sexual não é só coisa nossa

>> O ilegítimo pirou: Temer diz que é viável eleitoralmente

>> Um em cada quatro motoristas cariocas tem mais de 20 pontos na carteira

>> Protesto contra Marx no Cristo Redentor vira piada na internet

>> Morrem os dois policiais encontrados desacordados dentro de viatura no Rio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Diretor de cinema sul africano morre após ataque de girafa
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!