• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20170818 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Morre o ator e humorista Paulo Silvino
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2017

Hermano Henning processa SBT

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 09 de Junho de 2017

Morre a policial carioca, Marina Magessi

Marina Magessi: o degredo injustificável
Marina Magessi: o degredo injustificável
Por Fábio Lau

Ninguém conhecia tão bem a realidade do Rio, naquilo que lhe é mais perverso, como Marina Magessi. Inspetora de polícia, a mulher que enfrentou e prendeu os bandidos mais renomados e perigosos dos últimos 30 anos, entregou sua vida a esta atmosfera pouco oxigenada. Dom, missão, compromisso com o próximo... Quais as razões desta mulher ter abdicado da vida no Leblon, onde morava, cheia de encantos a caminho do mar, para peitar a pedreira que é a violência urbana?



Ao saber da morte de Marina, nesta manhã de sexta-feira de sol, dia 9 de junho, estas perguntas me vieram.

Leia aqui:
Sobre Marina Magessi:Deixa a mulher trabalhar!
Morre o irmão de Marina Maggessi em deslizamento de encosta

Conheci Marina subindo morros. Lá nos anos 90 quando o máximo em status que um repórter poderia desejar era estar ao lado das balas trocadas entre PMs e bandidos. Sugeri que o fotógrafo que estava comigo lá no alto do Morro de São Carlos, Paulo Makita, gastasse rolos de filmes com a mulher corajosa que, metralhadora Uzi nas mãos, descarregava pentes e mais pentes contra um alvo que só ela via.

Marina Magessi foi eleita deputada federal em 2006
Marina Magessi foi eleita deputada federal em 2006  


Na redação, a veterana jornalista Albeniza Garcia me deu uma reprimenda daquelas:

- E qual o problema dela ser bonita? Deixa a mulher trabalhar!

Deixei. A matéria machista, misógina, sexista não foi publicada. Pelo menos não a minha.

Marina cresceu, nos aproximamos, nos tornamos amigos. E ela virou amiga da minha família. Foi com surpresa que a encontrei há alguns anos no aniversário da minha irmã.

Falante, exigente, nada ponderada, era dona das suas verdades e razões.

No meu programa de rádio era figura permanente a defender a repressão a traficantes e às drogas. Abominava a ideia da legalização.

Até outro dia, poucas semanas atrás, quando, ao fazer a defesa do modelo uruguaio, que tolera a maconha, a minha amiga "curtiu". Diferente da experiência na rádio quando nos colocamos em campos opostos.

No início da carreira: deixa trabalhar!
No início da carreira: deixa trabalhar!  



Ali notei que ela estava mudando. Outro dia li Marina falar sobre o desejo de morrer. Sofria com o diabetes e com a obesidade proveniente da doença.


A causa de sua morte, aos 58 anos, ainda não foi esclarecida. Mas estava deprimida. Precisava trabalhar (dali vinha seu oxigênio), mas não a deixavam.


- Não deixaram a mulher trabalhar, Albeniza!


Adeus, Marina.

 

Veja também:

>> Servidores do Rio em alerta

>> "O entregador de gás e o Lula" - Por Ana Lagoa

>> Médica nega atendimento e criança de um ano morre no Rio

>> Jornalista denuncia preconceito contra filho negro em Shopping

>> Com cabeleira preservada, Rocha Loures presta depoimento à PF na sexta

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Morre a policial carioca, Marina Magessi
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!