• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20190917 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

Ator vem a público dizer que está vivo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

Felipe Neto cancela participação em evento após anunciar ameaça de morte

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quinta-feira, 05 de Setembro de 2019

Meu amigo é também anjo da guarda. Escuta só!

O senhorzinho com quem meu amigo conversou representado nesta foto arte
O senhorzinho com quem meu amigo conversou representado nesta foto arte

Tenho um amigo, um grande jornalista, carioca, vascaíno, bebedor de cerveja e amante da alegria, que é também anjo da guarda. Ele desconhece esta faceta, mas nós que o conhecemos sabemos bem. Escuta só o que aconteceu com ele na noite fria de quarta-feira (4) em uma cantão qualquer do subúrbio do Rio!


Por Nelson Carlos

Olhando o próximo

Saio do meu trabalho cansado, abatido, tarde da noite e ao descer a passarela da Estação ferroviária de Bonsucesso, do lado da Rua Uranos, para pegar minha condução e retornar para casa avisto um senhor muito bem arrumado, cabisbaixo, chorando muito, alheio a todos e a tudo. Seu olhar me invade a alma e me bate uma grande piedade. Sei que nesta vida corrida não temos tempo para o próximo e então do nada pensei em Sartre, na filosofia do existencialismo, que andei revisitando esta semana: o homem é condenado a se fazer homem, a cada instante de sua vida, pelo conjunto das decisões que adota no seu dia a dia. O existencialismo, na verdade, não faz concessões e coloca sobre nós toda a responsabilidade por nossas ações.

Paro na frente do senhorzinho para espanto da multidão amontoada no ponto de ônibus próximo do local e pergunto se posso me sentar, no que ele com o balanço da cabeça me autoriza. Fico em silencio por alguns minutos e então pergunto se quer ouvir musica no meu celular e ele aceita. Dou-lhe o aparelho, e no momento que coloca o fone no ouvido esta tocando Iolanda, com Chico Buarque de Holanda. Sem querer entorno o caldo de vez e o senhor desanda a chorar. Assisto a tudo sem saber o que fazer.

No que ele diminui a intensidade do choro pergunto se quer conversar, me contar alguma coisa e para meu desespero diz que a sua única solução é a morte. Me entristeço e respondo que sempre existe uma outra saída antes do ponto final e deixo ele narrar seu drama: Com 70 anos de idade e cinquenta de casamento seu grande amor havia morrido no dia anterior e enterrada momentos antes. Para, me encara nos olhos e continua a sua história dizendo que estava pelas ruas sem rumo e não desejava retornar para casa, não suportaria as lembranças, a saudade, a solidão.

No momento em que pergunto pela família e se tinha filhos um carro para na calçada a nossa frente e dois homens e uma mulher soltam gritando papai, por onde o senhor andava?, se abraçam e começam todos a chorar. Ouço o dialogo deles distante: "Velho você ficou maluco, não somos nada sem o senhor, te amamos muito e já perdemos a mamãe, pelo amor de Deus, vamos para casa. Por enquanto o senhor vai ficar uma semana na casa de cada um de nós com seus netos".

Começo a ir embora e no momento em que me distancio, ouço uma voz gritando amigo, me espere. É Seu Gérson, esse é o nome do senhor, e então me apresenta aos seus filhos contando que estava lhe ajudando e fazendo companhia. "Todos passaram por mim, ninguém se importou com o meu sofrimento, minha tristeza, só ele parou para ajudar. O trio me agradece e pede o número do meu telefone, pois querem que sejamos amigos e nos encontremos outras vezes, pois seu pai tem poucos amigos e neste momentos vai precisar de muitos para continuar tocando a vida. Segundo eles o seu pai poderia ter feito alguma loucura se eu não tivesse cruzado o seu caminho. Saem abraçados acenando para mim e vou embora realizado".

 

Veja também:

>> Documento da ONU revela que jornalistas do The Intercept correm risco de vida

>> Folha define perfil dos "moristas": branco, rico e sulista

>> Morre Elton Medeiros: um dos últimos bambas do samba - vídeo

>> Bolsonaro tenta acabar com a UNE cortando fonte de recursos

>> Carta Aberta à deputada Carla Zambelli

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Meu amigo é também anjo da guarda. Escuta só!
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!