• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20190619 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

Paulo Betti é processado por racismo em clima de disputa sindical
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 18 de Junho de 2019

Condenado a indenizar padres, Ratinho foi só sorrisos ao receber Sérgio Moro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > conexão tv

Conexão TV

 

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

Futura ministra da Agricultura recebeu dinheiro para campanha de réu em assassinato

Foto do site na CNBB
Foto do site na CNBB
Dureza? E nem começou. Futura ministra da Agricultura que ganhou a alcunha de "Menina Veneno", a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) recebeu doação de campanha do fazendeiro Jacintho Honório da Silva Filho. Ele é acusado de ser o mandante do assassinato do líder indígena da etnia Guarani-kaiová, Marcos Veron, em 2014. O cheque, no valor de R$ 30 mil, foi registrado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em setembro de 2014, quando ela disputava uma vaga na Câmara federal pelo PSB. Bolsonaro fez o convite, segundo foi divulgado, atendendo a pedido de Alexandre Frota, eleito deputado federal por São Paulo.

Na época em que fez a doação, Honório já era réu pelo crime cometido em 2003. Veron era uma das principais lideranças Guarani-Caiová e lutava pela demarcação de terras indígenas no mato Grosso do Sul. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o fazendeiro, que responde pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, tentativa de homicídio qualificado, tortura, sequestro, dano qualificado e formação de quadrilha, foi o mandante do crime. Até hoje, ele não foi julgado.

O crime aconteceu em medos de janeiro de 2003, no município de Juti, após pistoleiros atacarem um acampamento que havia sido montado pelos indígenas na área da fazenda de Honório, que era reivindicada pelo Guarani-Caiovás. Veron, juntamente com outras seis pessoas, foi levado do local em uma caminhonete, onde foi torturado incluindo sua filha, grávida de sete meses. Veron morreu em decorrência de um traumatismo craniano provocado pelo espancamento.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Tereza Cristina disse que é "amiga de longa data" da família de Jacintho Onório e que a doação eleitoral feita por ele à sua campanha "é garantida pela legislação vigente". "Cabe esclarecer ainda que não há condenação. O fato de ser réu não quer dizer que tenha cometido qualquer crime", completou.

Em 2015, a futura ministra também e viu envolvida em um outro ataque promovido por fazendeiros contra indígenas. Na ocasião, ela e outros dois parlamentares participaram de uma reunião no Sindicato Rural do município de Antônio João. Pouco depois um comboio armado partiu em direção a um acampamento Guarani-Caiová, instalado em uma área reivindicada por ele, e abriu fogo, na confusão, o cacique Simião Vilhalva foi morto com um tiro na cabeça.

Tereza disse que sua posição no episódio foi de ficar no local e esperar a chegada de membros da Força Nacional, da PM e do MPF "para que fizessem a intermediação com os índios".

 

Veja também:

>> Atriz filma maus tratos de marido e divulga na TV

>> Onda gigante destrói varandas de apartamentos nas Ilhas Canárias - vídeo

>> Traficante carioca é extraditado do Paraguai

>> Médico da Fiocruz contradiz colunista e explica "Mais Médicos "

>> Sobre Lula e Montezuma - Por Carlos D'Incao

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Futura ministra da Agricultura recebeu dinheiro para campanha de réu em assassinato
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!