• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Você é um abolicionista moderno ou escravagista?
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Sábado, 04 de Março de 2017

Pezão vive o pior dos mundos: é refém de Picciani

Da Redação

Ao apostar todas as fichas na aprovação da venda da Cedae e entregar a chave do negócio para Jorge Picciani, Pezão experimentou na pele o que é perda paulatina do poder - algo experimentado há seis meses pela presidenta Dilma Rousseff. Para garantir a venda de uma das mais importantes empresas públicas do país, Pezão colocou indicados de parlamentares em várias secretarias e chegou até e ressuscitar algumas já extintas.

Se o governador achou que isso bastaria, percebe agora o preço que se paga ao fechar com traidores do seu partido, o PMDB. O que se sabe e ouve nos bastidores da política fluminense é que hoje Jorge Picciani é o verdadeiro governador. Mais do que isso, pressiona para que Pezão coloque os salários em dia - o que sabe ser impossível. E mais: já defende, abertamente, a intervenção federal.

Picciani foi quem negociou os cargos dos novos secretários e assessores especiais nomeados por Pezão para garantir a aprovação da venda da CEDAE. Ao falar em intervenção federal, Picciani coloca mais pressão sobre Pezão. Há ainda outro fator a estimular Picciani: a saída de Pezão poderá levar a se colocar no Guanabara alguém com o perfil mais próximo do ilegítimo Temer. Com isso, Lula, caso saia candidato em 2018, perderia uma importante base de apoio no sudeste.

Segundo dados da secretaria de administração, o salário de janeiro, dividido em seis parcelas, só será quitado em 22 de março. Nesse dia já deveria ter sido pago o salário de fevereiro. E o dinheiro de novo empréstimo não chega antes do final de abril, ou seja, a situação é insustentável.

Perícia

Professores do Rio abriram guerra também contra peritos do Estado responsáveis, entre outras atribuições, pela concessão de licenças médicas para servidores. Segundo o professor Omar Costa, colaborador de Conexão Jornalismo, os profissionais da perícia concedem cada vez menos licenças - o que tem agravado quadros de problemas neurológicos, principalmente.

Segundo ele, em meio a este comportamento, há inclusive suspeitas de que haveria um "bônus" para licença não concedida - o que é negado pelos representantes do setor.

- O profissional responsável em dar o laudo deve ser é justo. Mas se o que comentam for realmente verdade trata-se de um episódio vergonhoso ou até mesmo criminoso - salientou Omar.

Cartazes foram colados na parede da perícia estadual com a imagem dos peritos e a queixa dos demais servidores.

 

Veja também:

>> Fundador da torcida Mancha Verde, do Palmeiras, é assassinado com 22 tiros - vídeo

>> Suicídio de índios no Sul do Amazonas: a tragédia invisível do Brasil

>> Vingança? Le Monde diz que Cabral pode ter "comprado" Olimpíadas do Rio

>> Com provas e convicções: Faculdade que deu título a Dallagnol não tem registro no MEC

>> PSOL quer pressa na investigação contra Eliseu Padilha

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Pezão vive o pior dos mundos: é refém de Picciani
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!