• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Boa dica Netflix? "História de um casamento".
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Charlie Sheen, a lenda, comemora dois anos longe das drogas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2019

Havan adere a boicote contra a Globo

Havan: boicote à Globo como controle do conteúdo
Havan: boicote à Globo como controle do conteúdo


A bajulação não tem limites. A Havan, que devia milhões em impostos e recebeu parcelamentos a perder de vista como anistia, aderiu ao movimento desencadeado por Bolsonaro para boicotar a mídia que não está integralmente alinhada. A emrpesa, através de seu presidente, Luciano Hang, anunciou, nesta quinta-feira 7, que suspendeu todas as campanhas publicitárias veiculadas na TV Globo. A iniciativa da companhia faz parte de um boicote de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro contra a emissora após uma matéria feita pelo Jornal Nacional que ligava o nome do pesselista à investigação da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.


"Não compactuamos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes", diz a nota assinada pelo presidente da rede, o empresário Luciano Hang, apoiador declarado de Jair Bolsonaro.

A nota foi divulgada nas redes sociais da Havan e também nas de Luciano, afirmando que a Globo faz "desserviço à nação" e é "contra os costumes da família brasileira". O empresário disse ainda que manterá publicidade nas afiliadas e jornais locais, "que ainda informam a sociedade de uma forma mais isenta e conservadora".

Este é o segundo caso em uma semana que uma rede varejista suspende comerciais na emissora carioca em apoio a Bolsonaro. Na segunda-feira 4, a rede paranaense de supermercados Condor havia anunciado a suspensão de anúncios na grade nacional da emissora.

 

Veja também:

>> Canta Terê: corais de várias partes do Brasil a partir de hoje em Teresópolis

>> É hoje o dia? STF retoma julgamento de prisão após condenação em segunda instância

>> Manuela D'Ávila e o abraço solidário em Joice Hasselmann

>> O "direito ao aborto" não pode ser tabu na esquerda

>> Brasil vai perder R$ 2 trilhões com megaleilão do pré-sal

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Havan adere a boicote contra a Globo
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!