• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Caetano entrevista Manuela D'Ávila
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 02 de Outubro de 2018

Globo X Record: nem nas pesquisas as emissoras combinam

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > eleições

Política - Eleições

 

Terça-feira, 05 de Junho de 2018

A síntese do que disse Tacla Duran

Mainardi nega ter recebido recursos da Odebrecht
Mainardi nega ter recebido recursos da Odebrecht
Tacla Duran disse que lhe foi oferecido o escritório do ex-sócio da Rosângela Moro para negociar por R$ 5 milhões sua delação premiada. A denúncia é grave, deveria ser investigada e, claro, desmentida pelo CNJ. Feita hoje na Câmara, a denúncia levanta dúvidas sobre a credibilidade das delações - base da própria Lava-Jato. Ele falou ainda que o jornalista Diogo Mainardi, o site Antagonista, teria recebido recursos da Odebrecht, denunciado por delatores, e que jamais foi investigado. São Muitas denúncias feitas e, segundo o próprio revela, nada foi investigado.

No seu site, Mainardi diz ter sido caluniado pelo depoente:

- Eu, Diogo, fui caluniado pelo doleiro foragido Rodrigo Tacla Durán.É melancólico - disse. E completou:

- Até recentemente, eu era caluniado por Lula e seus comparsas. Agora que minha anta está na cadeia, juntamente com o resto da ORCRIM, só sobrou a ralé da propina, representada pelo maleiro das empreiteiras e seus cupinchas parlamentares - afirmou.

Há ainda uma terceira que diz sobre a manipulação e adulteração de documentos, feita pela Odebrecht, para incriminar pessoas que eram alvo da Lava-Jato. "Eu afirmo que o sistema do banco foi fraudado, onde as transferências internas foram adulteradas. Houve manipulação anterior por conta do sistema ser apreendido".

Tudo muito grave e que não mereceu cobertura dos órgãos de imprensa isentos, imparciais, da mídia plural do Brasil. Nem a TV Câmara esteve lá. Quem transmitiu o depoimento foi a TVT. Ou seja: quem não ler este post e a mídia alternativa não terá a menor ideia do que ocorre no país no campo da Lava-Jato - entende agora por que Moro se recusa a ouvir Tacla Duran? Ele prestou depoimento à Justiça de sete países. Só a Justiça brasileira se recusa a ouvi-lo. Você também acha isso estranho?

Antagonista




Ainda no seu site, Mainardi disse:

(...) O doleiro foragido me acusou de ter sido delatado pela Odebrecht. Qualquer leitor deste site sabe que, nos primeiros anos da Lava Jato, enquanto o resto da imprensa publicava anúncios de página inteira dos corruptores, O Antagonista pedia a prisão imediata de seus donos.

Fomos nós que revelamos alguns dos mais importantes codinomes das planilhas da empreiteira, em particular o de Lula e o de João Santana. E fomos nós traduzimos -para os leitores e para os investigadores- as mensagens cifradas no telefone celular de Marcelo Odebrecht.

Ser caluniado por essa gentalha me apequena.

O meu único consolo é que, se um vagabundo como Rodrigo Tacla Durán representa o maior trunfo da defesa dos criminosos, Lula vai morrer na cadeia.

 

Veja também:

>> Porque César Menotti ofendeu sambistas

>> Eterna miss Brasil, Martha Rocha está internada em estado delicado

>> Erupção vulcânica já matou 69 pessoas na Guatemala

>> Ao Vivo - Depoimento de Tacla Duran tira o sono de gente do judiciário

>> Tacla Duran afirma que houve manipulação nas planilhas da Odebrecht para condenações

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
A síntese do que disse Tacla Duran
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!