• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Funcionários do SBT cancelam festa de fim de ano por conta das demissões

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017

Garotinho é preso no Rio

Da Redação

O ex-governador, deputado federal e candidato à Presidência da República Anthony Garotinho, foi preso nesta manhã de quarta-feira (13) pela Polícia Federal. A prisão aconteceu enquanto apresentava um programa de rádio na Rádio Tupi. A ordem de prisão foi expedida pelo juiz Ralph Manhães. O ex-governador é suspeito de comandar um esquema de fraude eleitoral que consistia na troca de votos pela inclusão de nomes em um programa chamado Cheque Cidadão - que funcionou durante a gestão de sua mulher, Rosinha Garotinho, na Prefeitura de Campos.


Garotinho havia sido preso no dia 16 de novembro do ano passado por fraudes na Operação Chequinho, que apura o uso do programa social Cheque Cidadão para a compra de votos na cidade de Campos dos Goytacazes, no norte do Estado do Rio. O ex-governador disse, à época, que era vítima de perseguição por razões políticas.

Há dois dias Garotinho disse publicamente que pretende disputar as eleições para governador no próximo A defesa do ex-governador Anthony Garotinho repudia os motivos apresentados para a prisão do ex-governador e entende que a decisão de mantê-lo preso em casa, em Campos, tem a intenção de privá-lo de seu trabalho na Rádio Tupi e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele continue denunciando políticos criminosos importantes, alguns deles que já foram até presos. A defesa nega as acusações imputadas a ele e informa que ele nunca nem foi acusado de roubo ou corrupção. O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si só não justifica prisão.
A defesa afirma que a prisão domiciliar, além de não ter base legal, causa danos à sua família já que o impede de exercer sua profissão de radialista e sustentar sua família. A defesa do ex-governador irá recorrer da decisão.

 

Veja também:

>> Comandante-geral dos Bombeiros pede exoneração após denúncias de corrupção

>> Traficantes de drogas mandam pai de santo destruir templo de umbanda - vídeo

>> Presidente da Friboi, Wesley também é preso pela PF

>> Bizarrice na TV: Zezé Di Camargo quer a volta da ditadura - vídeo

>> Xico Sá critica Zezé Di Camargo: "se o pau de arara fosse no seu c...."

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Garotinho é preso no Rio
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!