• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Caetano entrevista Manuela D'Ávila
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

Atrizes da Globo quebram silêncio e pedem que TSE puna Fake News - Vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > brasil

Política - Brasil

 

Domingo, 17 de Dezembro de 2017

A PM gaúcha que não quer petista em Porto Alegre - vídeo

A policial sem comando e que não se emenda
A policial sem comando e que não se emenda
"O Alienista" é considerado um dos maiores clássicos da literatura machadiana. Nele, o psicanalista detecta tantos loucos que no final das contas não sobra nem ele mesmo. O país parece estar vivendo a experiência de Machado de Assis nestes tempos pós-golpe. Eis que surge do nada uma figura patética. Uma policial militar, cuja atribuição constitucional é manter a ordem e garantir a lei, aparece em vídeo ameaçando pessoas que queiram estar em Porto Alegre em 24 de janeiro para apoiar o ex-presidente Lula. Diz a mulher que vai correr sangue dos que se aventurarem. Ela é eleitora de Bolsonaro.

"Venham que aqui vocês vão ver o que é o verdadeiro sangue farroupilha. Venham mortadelas, venham muitos porque aqui não vai ter mi-mi-mi, não vai ter choro. É linha, pau, gás e bomba. É força e honra, sempre", disse Flavia Cristina Abreu.

Ela há tempos usa as redes sociais para atacar homens e mulheres com os quais estabelece uma rivalidade unilateral - algo patológico. Odeia quem não conhece e não consegue ser correspondida nem mesmo no ódio - até porque ninguém a conhece.

O que espanta é não ter sido, ainda, punida.



Se o governador daquele estado, José Ivo Sartori (PMDB), tiver força política e quiser ser respeitado lá e fora do Rio Grande do Sul não hesitará em colocá-la de plantão no dia 24 para garantir a ordem da manifestação pró-Lula. Afinal, ao passar em concurso, a PM fez um juramento de que defenderia a ordem, a Constituição e respeitaria a hierarquia e a população a quem serve. Seria uma boa oportunidade da PM se redimir.

 

Veja também:

>> Abandono da Universidade Gama Filho, no Rio, revolta ex-alunos

>> Aécio Walking Dead diz que Lula precisa se explicar na Justiça...

>> Dória: um ano do prefeito de SP narrado por Alberto Villas

>> Abril, R7 e Infoglobo: jornalistas demitidos não são notícia

>> Crítica & Literatura: Lista de Natal - Bem mais que uma lembrancinha

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
A PM gaúcha que não quer petista em Porto Alegre - vídeo
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!