• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Funcionários do SBT cancelam festa de fim de ano por conta das demissões

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > economia

Economia

 

Segunda-feira, 17 de Julho de 2017

Igrejas evangélicas pagam o pecado da crise econômica

Bispos e pastores: igrejas enfrentam dificuldades por conta da crise
Bispos e pastores: igrejas enfrentam dificuldades por conta da crise

Os políticos evangélicos migraram como os seguidores de Moisés em busca da Terra Prometida tão logo os golpistas, liderados por Eduardo Cunha, da Assembleia de Deus, sinalizou do alto da montanha. Com um universo de seguidores que hoje ronda a casa dos 30 milhões, a proposta de tirar os "comunistas" do poder e repartir o pão com a turma abrigada no PR, PMDB, PRB e outras correntes mais soou tentadora demais para deixar passar. Mas passou.


Um ano depois a crise aumentou e, mais grave do que se poderia supor, atingiu em cheio o universo de fieis das igrejas evangélicas - acomodados nas camadas C, D e E. Com isso, além de não haver oferta de trabalho e renda, os crentes amargam um outro efeito para lá de infernal: a queda na arrecadação do dízimo e outras contribuições.

Nos últimos anos a receita das igrejas evangélicas vinha oscilando positivamente. Isso, é verdade, graças ao excepcional trabalho de marketing criado por elas, mas que recebe o manto dourado da fé. Chamam de Teologia da Prosperidade. Ela consiste em disseminar a ideia de que quanto mais o fiel ofertar a Deus, mais bênçãos receberá.

A Sara Nossa Terra, das celebridades Bruna Marquezine e Fernanda Souza, admitiu recentemente que precisou dispensar 250 funcionários (15% do efetivo com carteira assinada) e cortar despesas. Dos 1 400 templos da Sara Nossa Terra, 400 funcionam em sede própria. Os demais negociaram a redução do valor dos aluguéis em cerca de 20%.

Há tempos, um dos principais líderes religiosos do país gravou vídeo onde pedia para que o desempregado fizesse contribuições. Seria, de acordo com aquele ponto de vista, uma demonstração maior do quanto o pobre necessitado era crente em Deus sobre todas as coisas:

- Não quero que aquele que tenha recursos, faça doação. Espero que você, que nada tem, faça uma demonstração de amor e fé em Deus. Não tem dinheiro? Venda o carro, a casa, o aparelho de TV - disse.

Mas, nestes tempos difíceis, os crentes estão mais para São Thomé, aquele que precisa ver para crer. Ninguém vai meter a mão na cumbuca para tirar do pouco que tem, de mulher e filhos, para dar ao pastor em troca do impalpável. Deus, acreditam, há de compreender. E a cautela se dá especialmente porque iria entregar a chefes de igreja que hoje tem como hobby religioso criar palácios e templos. Depois de Macedo, da Universal, levantou o de Salomão, no Rio, RR Soares, o maior orador da TV brasileira, também faz o seu.

Leia também:

Pastora cobra R$ 100 para que fiel toque em seus pés milagrosos

Pastor vende sabão em pó ungido

Uma pastora de igreja há tempos ganhou muito dinheiro vendendo, por R$ 100, a oportunidade do fiel tocar seus pés e encontrar a cura, a sorte ou o amor. Outro já vendeu o vinho da felicidade (água de suco em pó). Há muito venderam, em micro garrafas, o azeite bento do Monte das Oliveiras - tratava-se de óleo de soja benzido em ritual, mas de procedência inconfessável.

A crise da fé é a crise no homem



O jornalista Antonio Machado acredita que os crentes deixaram de ser bobos e isso estaria refletindo diretamente no ganho das empresas:

- A fé virou um produto do comércio, como qualquer outro, e as pessoas não estão mais se iludindo.

E há quem pense tratar-se de uma nova interpretação da relação do homem com o divino: nesta compreensão, Deus nos teria dado inteligência para agir de forma racional e aprender, cada vez mais a ter responsabilidade pelos atos e pelo próprio destino. Até porque, seguidores irracionais estão bem representados em rebanhos de fazendas mundo afora. E seu destino não é surpresa para ninguém.

 

Veja também:

>> Record faz chamada com "delação" de Palocci que atingiria a Globo - vídeo

>> Hotel Paysandu está a venda, no Rio

>> Briga de torcida mata 8 no Senegal - vídeo

>> Brasileiro conquista em Wimbledon vitória inédita nas duplas ao lado de polonês

>> Ciro critica condenação de Lula: "sem uma prova cabal e simples"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Igrejas evangélicas pagam o pecado da crise econômica
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!