• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2017

Hermano Henning processa SBT

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > debate

Debate

 

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

Jean Wyllys e Margarida Pressburger, ao vivo, aqui em Conexão

Da redação



Assuntos não vão faltar. Tortura, preconceito, desigualdade, direitos humanos, a luta por uma sociedade planetária mais justa, democrática, tolerante, solidária. Margarida Pressburger é membro, desde 2011, do Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas, integrando o Subcomitê de Prevenção à Tortura da ONU. Jean Wyllys, reeleito deputado federal em 5 de outubro com quase 150 mil votos, tornou-se um símbolo nacional na defesa dos direitos dos homossexuais, dentre outras causas polêmicas, e tem enfrentado com coragem e lucidez as forças reacionárias que retardam a modernização do país. Divulgue! Não perca o debate!

Com Margarida Pressburger, pela primeira vez o Brasil se fez presente no Subcomitê de Prevenção à Tortura. E ela foi reeleita por membros da ONU para permanecer representando o país por um período de mais 4 anos, até 2016.

Reeleita, Margarida vai ficar na ONU até 2016.
Reeleita, Margarida vai ficar na ONU até 2016.  
Em sua missão nas Nações Unidas, Margarida tem - entre outras iniciativas - periciado presídios no Brasil e no exterior: Ucrânia, Honduras, Argentina, Peru, Equador, países da África.

Ela tem se destacado também no auxílio à Constituição dos Comitês de Prevenção à Tortura em todo o Brasil, inclusive no âmbito federal, a fim de que o país atenda ao protocolo do qual é signatário no Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU.

Margarida presidiu a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ. Na época, organizou eventos e participou de campanhas de combate à violência contra mulheres.

Jean Wyllys tem uma trajetória admirável. A partir de uma infância muito pobre na Bahia, ele foi construindo uma história de conquistas, com determinação e coragem.

Jornalista atuante, ganhou projeção nacional quando participou de um reality show. Jean aproveitou espontaneamente o espaço para defender o direito dos diferentes, assumindo sua homossexualidade e criticando toda forma de preconceito.

Minoria no Congresso não intimida Jean.
Minoria no Congresso não intimida Jean.  
Entrar para a política foi um movimento inevitável - ele se sentiu empurrado e incentivado por milhares de pessoas que não tinham voz e eram perseguidas, Brasil afora.

Eleito, foi mais uma vez sendo empurrado "pelo destino", para assumir uma inesperada (mas não recusada) liderança nacional das causas LGBT. Nos últimos quatro anos, enfrentou os deputados e senadores mais obscuros e autoritários do Congresso Nacional. Se as vitórias não foram tantas assim, o saldo foi mais do que positivo, como mostraram as urnas: Jean Wyllys foi reeleito com uma votação 11 vezes maior do que a de 2010. E o futuro, com certeza, lhe reserva muitos outros desafios.

Então, vá se preparando porque teremos um debate de alto nível, como o Brasil precisa.

 

Veja também:

>> Tracking do PT mostra Dilma à frente de Aécio por 4%

>> GloboNews demite apresentadora que cometeu gafe ao vivo; veja o vídeo que motivou demissão

>> Veja a agenda dos candidatos ao governo do RJ para esta sexta-feira

>> Holofote sobre PSDB complica uso político da Petrobras na reta final

>> Como manipular uma pesquisa

>> Ministério Público intima Cristina Mortágua a fazer exame para atestar insanidade mental

>> Ronaldo se confunde ao tentar defender Aécio e vira piada

>> Google lança recurso que permite você se consultar com um médico online

>> Ebola: imigrantes negros são discriminados depois de caso suspeito em Cascavel

>> A diferença entre nossos juízes e os juízes suecos

>> Dados sobe gestão comprometedora de Aécio somem do site do TCE

>> Por que Aécio Neves nunca processou Juca Kfouri?

>> Datafolha: perguntas sobre Petrobras no meio da preferência entre candidatos

>> Irmã de Aécio chefiou órgão que fiscalizava verbas para rádios de tucano

>> Chico Buarque fala em favor da candidatura Dilma - vídeo

>> Comer mais gordura pode ser bom para a saúde

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Jean Wyllys e Margarida Pressburger, ao vivo, aqui em Conexão
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!