• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2017

Justiça condena Pânico na Band a indenizar Agnaldo Silva

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > música

Cultura - Música

 

Terça-feira, 14 de Novembro de 2017

Picciani: o esperma de touro e o dinheiro da corrupção

Esperma de touro: segundo Picciani, sinônimo de riqueza
Esperma de touro: segundo Picciani, sinônimo de riqueza
O presidente da Alerj, Jorge Picciani, é um cara rico que só. Sobre ele recai a suspeita, reforçada hoje pela investigação da Operação Cadeia Velha, de que a riqueza seria proveniente de um esquema envolvendo políticos corruptos e a Fetranspor. A tal empresa que cuida (mal) do transporte de ônibus no Rio é velha personagem quando o assunto é corrupção.

Mas o que torna Picciani um cara no mínimo, digamos, diferente dos seus antecessores é o malabarismo usado para fugir a pecha de que o dinheiro provem da corrupção. Segundo ele, a grana mesmo vem de uma atividade para lá de esquisita: ele venderia esperma de touro.

Antes dele, os antecessores surgiam como agentes políticos e que enriqueciam pela corrupção mesmo. Exemplo: Gilberto Rodrigues. Este era acusado de estar ligado às empresas de ônibus e também o Detran. Já seu sucessor, José Nader, operava junto a Fetranspor.

Sérgio Cabral (preso) e Paulo Mello (acusado de esquema no TCE) nunca tiveram atividade paralela que justificasse aumento de ganhos. Já o Picciani..... Muuuuuuuuu!

Consta que ele tinha uma fazenda, a Monte Verde, e cuidava de extrair leite. De vaca. A mudança para o do touro se deu algum tempo depois. A empresa Monte Verde hoje é apresentada como o grande empreendimento da família. A coisa toda compreende o desenvolvimento genético do gado. Vende o esperma do touro forte para que a vaca tenha filhotes também poderosos. A coisa se dá por aí.

O filho Felipe Picciani, preso hoje, é zootecnista. Já foi presidente da Associação Nacional de Criadores de Nelore e é descrito no próprio site do grupo Monte Verde como "um gestor desse grande negócio familiar". É sócio da Agrobilara, um dos empreendimentos familiares, que cria gados de reprodução. A empresa foi mencionada por Tânia Maria Silva Fontenelle, gerente financeira da Carioca Engenharia que afirmou, aos investigadores da operação Lava Jato, ter comprado dela gado superfaturado.




 

Veja também:

>> Papa surpreende direita ao afirmar que Comunistas pensam como Cristãos

>> Foi quando descobri: mais de 80 amigos "curtem" Bolsonaro

>> Operação Cadeia Velha da PF tem Picciani como alvo

>> 71% dos brasileiros acreditam que nunca irão se aposentar

>> Três são presos após torturarem jovens da umbanda - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Picciani: o esperma de touro e o dinheiro da corrupção
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!