• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2017

Justiça condena Pânico na Band a indenizar Agnaldo Silva

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > internacional

Política - Internacional

 

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Trump restringe circulação de venezuelanos e de povos de outros sete países

O delírio imperialista americano volta ao topo esta semana quando entra em vigor medida anunciada pelo presidente Donald Trump que impõe restrições a estrangeiros de circularem naquele países desde que sejam procedentes de oito países, entre eles a Venezuela. Os países afetados pela nova medida são: Irã, Líbia, Síria, Iêmen, Somália, Chade, Coreia do Norte e Venezuela. A medida entrará em vigor no dia 18 de outubro.

ver mais >>

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Coreia do Norte: "Trump declarou guerra!"


Deu no New York Times: Matéria publicada nesta segunda-feira (25) pelo jornal norte-americano conta que o chefe da diplomacia norte-coreana, Ri Yong Ho, afirmou hoje em Nova Iorque que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "declarou guerra" à Coreia do Norte.

ver mais >>

Sábado, 23 de Setembro de 2017

Coreia do Norte anuncia novo teste nuclear, agora no Pacífico

Trump está doidinho, doidinho para iniciar uma guerra! E a razão todos sabemos: vai aquecer e a economia e, além disso, fará decolar sua popularidade que nunca esteve tão baixa desde que tomou posse. Nos EUA, o presidente que não faz pelo menos uma guerra no seu mandato não poderá contar com reeleição. Portanto, saibamos todos, fazer guerra é uma garantia de extensão do cargo presidencial. Já viu, né? Mas se tem alguém que parece estar querendo dar uma força para o fanfarrão americano, este alguém é o presidente da Coreia do Norte. Ele disse hoje que poderá fazer um teste com bomba nuclear de hidrogênio no Pacífico. Tudo o que Trump desejava para iniciar uma guerra.

ver mais >>

Sexta-feira, 01 de Setembro de 2017

FARC vira partido político e vai disputar eleições na Colômbia

A adoção da rosa como símbolo do partido revela uma linha menos radical
A adoção da rosa como símbolo do partido revela uma linha menos radical

A única mudança foi a alteração da palavra "Armada" para "Alternativa". No mais os integrantes do agora partido político das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) continuam com os mesmos ideais de igualdade e desenvolvimento social. Eles confirmaram nesta quinta-feira (31) que manterão a sigla para criação de partido politico. Mas agora, portanto, vão ser chamados Força Alternativa Revolucionária do Comum. Seu logotipo será o de uma rosa (símbolo internacional do Socialismo). O nome foi adotado após ser submetido a uma votação no congresso que os guerrilheiros iniciaram no domingo passado (27) e que termina hoje (1º).

ver mais >>

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

A volta do governo lacaio: EUA voltam a exigir que tire sapatos

Da Redação

Hussein Kalout não era ninguém até o dia de hoje. Ninguém, claro, maneira de dizer. Afinal, mesmo entre os mais antenados nas coisas da política, pouca gente saberia se tratar do secretário especial para Assuntos Estratégicos do ilegítimo Michel Temer. Mas agora ele ganhou notoriedade. Foi obrigado a tirar sapatos, cintos e a dignidade antes de embarcar para Nova York. O mesmo ocorreu ao ministro das Relações Exteriores de Fernando Henrique Cardoso, Celso Lafer, que ficou de meia para provar que não carregava o pó Antrax quando pretendia entrar no país.

ver mais >>

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

Amorim: Trump é irresponsável ao falar em intervenção militar na Venezuela

Da Redação

Longe de poder ser chamado de boquirroto, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, preserva sim um jeito fanfarrão. Fala em convocar guerras, seja contra a Venezuela ou Coreia do Norte, como se provocar ações que levaram a mortes, talvez milhares, especialmente de inocentes, não fosse algo que merecesse seriedade e profundidade no trato. E é sobre este tema que se debruça o ex-ministro da Defesa e chefe do Itamarati, Celso Amorim, ao falar sobre o anúncio de Trump de intervir na Venezuela. É sabido que o problema americano com a nação vizinha nada tem a ver com o campo político onde se situa o bolivarianismo, mas especialmente com a questão do petróleo.

ver mais >>

Pág. atual: 2/178
 
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!