• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > gastronomia > bares

Gastronomia - Bares

 

Quarta-feira, 21 de Setembro de 2016

Futebol: Sem Provas, Convicção e Fiz a Diferença - um ataque de morte!

Por Fábio Lau

Por Fábio Lau*

Claro que a gente vai falar de futebol.

O ataque do time pode não ser habilidoso. Mas é tão aguerrido quanto o time do Humaitá nos idos de 1973. Campo de barro rala-coco, ainda resistiam, quase no canto do córner e na marca do pênalti, um tanto assim de raízes pontiagudas que a escavadeira esqueceu de arrancar. E a máquina de terraplanagem também. Mas não eram obstáculos para a fúria dos atacantes do alvinegro do Guará, em Brasília, que tinha uma ofensividade de morte. Seus nomes de batismo? Não lembro. Mas podemos chamá--los de Sem Provas, Convicção e Fiz a Diferença.


Convicção era um atacante esguio, metódico, quase habilidoso. Prendia a bola, lançava pelas laterais e não raro surpreendia adversários com chutes a média distância. Seu maior trunfo era rolar no meio da área explorando a velocidade do Sem Provas. Este, troncudo, cara de carranca do São Francisco, chutava bola, canela e eventualmente até o toco esquecido caso aparecesse à sua frente. E a bola também. Um tanque de guerra, portanto.

Leia aqui:
Moro acata denúncia do MP e transforma Lula em réu


Mas o importante, sabia todo o time, era fazer a bola chegar a Fiz a Diferença. Era ali que a jogada seria construída, retocada e consumada. Frio, métrico, arquiteto das próprias e alheias intenções, ele era o cara que cantava o jogo da defesa ao ataque.

- Isso. Avança mais. Corta pra direita... isso, isso. Agora cruza, vai! Cruza!

Líder do seu bando, Fiz a Diferença ria, cínico, quando Sem Provas errava a bola e partia no meio a canela de um jogador desavisado. Aquele que entrava pensando que o jogo seria de futebol sairia de maca - se maca tivesse no campo do Humaitá. Coitado!

Jogar ao lado de Fiz a Diferença exigia um tanto de abstração e humildade. Mesmo o mérito individual era dividido ou reivindicado por ele. Em outras rodas seria chamado de "esponja", por absorvente de ideias que era. Mas ali, no meio de botinudos do Humaitá, brilhava. Ou reluzia. O brilho, sabemos, é apenas produto do espelho. Nada além disso.

Fato é que o Humaitá jamais alcançou a segunda divisão do futebol na capital. Nasceu alvinegro, brigou nos campos de várzea e há quem diga que ganhou alguns troféus regionais. Nada além disso. Soube-se que, cansados de estourar o dedão do pé no toco ignorado pela escavadeira, e também pelo da terraplenadeira, decidiram estudar. Fizeram concurso e foram cuidar de outro futebol.

Sem Provas, Convicção e Fiz a Diferença continuam afinados. Azar de quem entra em campo pensando que vai jogar futebol.

Mas deve ser boato.

* Fábio Lau é jornalista e jogou no campo do Humaitá. Jamais fez a diferença.

 

Veja também:

>> Entrevista com Jandira fez lembrar a de Brizola - vídeo

>> Marcelo Freixo: RJTV transformado novamente em tribunal da inquisição

>> Repúdio do astro da música a camisa do Flamengo volta a bombar na Internet - vídeo

>> Botafogo supera Corinthians no Itaquerão e é Campeão Brasileiro Sub 20 - vídeo

>> Deputado convoca artista morta para depor em CPI

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Futebol: Sem Provas, Convicção e Fiz a Diferença - um ataque de morte!
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!