• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 04 de Dezembro de 2018

Filme sobre golpe contra Dilma exibido no Parlamento Britânico
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018

Após massacre ao cão, Masterchef omite nome do Carrefour do programa

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > brasileiro

Futebol - Brasileiro

 

Segunda-feira, 12 de Março de 2012

Conheça as crises e louros colhidos por Teixeira em 23 anos de CBF

Em 23 anos de presidência da CBF Ricardo Teixeira conviveu com crises no futebol, mas também com momentos de êxito. O tetra conquistado em 1994 foi com certeza o maior deles. Mas desde seu primeiro ano, quando escolheu para auxiliá-lo o ex-dirigente do Vasco, Eurico Miranda, denúncias de favorecimentos a empresários passaram a permear sua gestão. Acompanhe agora, ano a ano, os principais momentos de Ricardo Teixeira na entidade.

Levantamento do Uol


16/01/1989

Aos 41 anos, é eleito presidente da CBF e anuncia o técnico Sebastião Lazaroni na seleção brasileira. Seu diretor de futebol, Eurico Miranda, listou os 39 selecionáveis para as eliminatórias da Copa-1990. E a primeira polêmica foi criada. A lista tinha dez atletas do empresário uruguaio Juan Figer e sugeria favorecimento, uma vez que não foi divulgada pelo novo treinador, que estava no futebol árabe, mas por Eurico Miranda, também vice de futebol do Vasco.


16/07/1989

A seleção derrota o Uruguai por 1 a 0 (gol de Romário), no Maracanã, e conquista a Copa América após 40 anos do último título.

ver mais >>

Segunda-feira, 05 de Março de 2012

Conexão Jornalismo - Jérôme Valcke manteria ligações perigosas na CBF

Por Fábio Lau

Depois de tomar um pontapé no traseiro do ministro dos Esportes, Aldo Rabelo, o secretário Geral da Fifa, Jérôme Valcke, é apontado agora como homem de confiança de Ricardo Teixeira na Fifa, razão pela qual estaria tentando desgastar a imagem de autoridades do governo em todo o mundo. Dilma não recebe Ricardo Teixeira em seu gabinete há quase um ano.

ver mais >>

Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Teixeira convoca assembleia geral e pode mudar estatuto da entidade.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, convocou, através do site da entidade, a assembleia-geral com todas as federações para a próxima quarta-feira, dia 29. O dirigente, pressionado por cartolas que ameaçam uma rebelião, pode propor uma reforma no estatuto da entidade.

ver mais >>

Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

Seis razões para não acreditarmos na permanência de Ricardo Teixeira

Por José Roberto Torero - Carta Maior

Seis motivos para a renúncia de Ricardo Teixeira
O presidente da CBF está num cai não cai, num renuncia não renuncia. Mas por que só agora ele está a perigo, já que se mantém há 23 anos no poder? Quais as circunstâncias que o colocaram na berlinda, ou, usando um termo mais apropriado, na marca do pênalti?

ver mais >>

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Presidente do Barça teria depositado dinheiro na conta da filha de Teixeira

A batata de (Rei)cardo Teixeira está no forno mais do que nunca. Primeiro, uma reportagem da Folha de S. Paulo revelou que o presidente da CBF e do COL (Comitê Organizador Local da Copa) tem ligação com a Ailanto Marketing, empresa contratada sem licitação pelo governo do Distrito Federal, então do governador José Roberto Arruda (DEM), para organizar o amistoso entre Brasil e Portugal no estádio Bezerrão, no Gama, em novembro daquele ano.

ver mais >>

Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Teixeira viaja para Miami e federações já discutem sucessão

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, viajou no início da tarde para Miami sem anunciar oficialmente seu desligamento em caráter definitivo da Presidência da entidade. Em meio a denúncias de corrupção que se avolumam a cada dia, ele seguiu para encontrar a família ao lado de outro dirigente, o empresário Wagner Abrahão, presidente do Grupo Águia, responsável pela comercialização dos ingressos VIPs para o Mundial no Brasil e dono da agência de turismo Pallas, prestadora de serviços da CBF. Enquanto isso, cartolas das federações de futebol já discutem a sucessão. O deputado federal Romário (PSB/RJ) pediu a presidenta Dilma Rousseff que interceda e determine uma rigorosa investigação sobre a gestão de Teixeira. Para Romário, a saída pura e simples de Teixeira, há 23 anos no poder, seria um prêmio. Dentre os crimes que pesam contra Teixeira constam o de lavagem de dinheiro e recebimento de propina.

ver mais >>

Pág. atual: 137/138
 
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!