• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20180816 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018

Globo bate forte em Aécio Neves e Anastasia - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2018

"Chandler Bing", de Friends, é internado às pressas nos EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sábado, 11 de Agosto de 2018

Crítica & Literatura: A barbárie de cada dia

Truman Capote
Truman Capote

A cada dia, 13 mulheres são assassinadas no Brasil. Das 4.539 mulheres assassinadas no País em 2017, 1.133 foram vítimas de feminicídio. Diariamente são registrados 600 casos de violência doméstica, perfazendo mais de 200 mil ao ano no Brasil, que teve notificados mais de 60 mil casos de estupro em 2017. A cultura da misoginia brasileira tem sido mostrada mais em estudos antropológicos e demográficos do que na literatura. Da Argentina, onde uma mulher é morta a cada 30 horas, vem o vigoroso "Garotas Mortas" (Todavia, R$ 44,90), de Selva Almada, que parte dos assassinatos de três jovens nos anos 1980 para falar sobre a banalização da violência contra a mulher ocidental.

ver mais >>

Sábado, 04 de Agosto de 2018

Crítica & Literatura: Essa gente

Geovani Martins: linguagem pouco tradicional
Geovani Martins: linguagem pouco tradicional

O primeiro conto de "O Sol na cabeça" (Companhia das Letras, R$ 34,90) é um teste de resistência para o leitor tradicional. A oralidade das ruas cariocas narra uma ida à praia de personagens que tradicionalmente são interpretados por figurantes na maioria das obras que retratam a cidade. Pegar o ritmo e desvendar aquela linguagem composta de gírias e do total desrespeito à gramática é um exercício que pode desanimar quem se aventura a ingressar no universo apresentado por Geovani Martins, um escritor jovem, nascido distante do Centro e da área mais privilegiada do Rio de Janeiro, e hoje morador do Vidigal, um bairro onde 80% dos imóveis compõem uma favela voltada para o mar.

ver mais >>

Quarta-feira, 01 de Agosto de 2018

Suicídios na USP e aumento de casos assustam estudantes

No Brasil o elevado número de casos de suicídio já transformaram o problema em epidemia. Em São Paulo, só no ano passado, a onda cresceu em torno de 30% e os homens são as maiores vítimas. E agora o drama atinge a universidade. Após o suicídio de quatro estudantes entre maio e junho deste ano, a USP decidiu criar um Escritório de Saúde Mental na universidade para prevenir novas ocorrências. O objetivo é que todos os alunos da instituição tenham acesso ao escritório mediante a utilização de uma plataforma, onde os primeiros contatos serão feitos, e também por meio de reuniões presenciais. Esta é a primeira vez que USP implementa uma ferramenta unificada de assistência psicológica na universidade.

ver mais >>

Sábado, 28 de Julho de 2018

Crítica & Literatura: Tsundoku, uma eterna missão

Acontece com todo mundo que tem vício de leitura no mundo inteiro - e por isso, os japoneses criaram a palavra "tsundoku" para denominar o hábito de adquirir um livro, folhear, ler um pouquinho e empilhar junto a outros, também deixados de lado com o firme propósito de serem degustados em outra ocasião. A única maneira de desmanchar o tsundoku é lendo cada volume. O tsundoku não se forma com aqueles clássicos reservados para serem apreciados na aposentadoria, como "Em busca do tempo perdido", "Ulisses" e "Os Buddenbrook". O tsundoku se compõe a partir da indolência e da certeza de que chegará o momento certo de mergulhar naquelas páginas.

ver mais >>

Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

Dia 25, esqueça livros na praça, metrô, padaria....


Sábado, 21 de Julho de 2018

Crítica & Literatura - O reconhecimento da mágoa

Fotos de divulgação

Domenico Starnone nega ser Elena Ferrante
Domenico Starnone nega ser Elena Ferrante

Encerrada a Copa do Mundo, o ano brasileiro recomeça, embora 2018 ainda nos reserve eleições em que apenas as incertezas delineiam o cenário. É sobre o desalento e rompimento de expectativas que tratam o inglês Ian McEwan em "Meu livro violeta" (Companhia das Letras, R$ 44,90), e o italiano Domenico Starnone em "Laços" (Todavia, R$ 44,90), em duas abordagens distintas. O conto de McEwan fala de inveja, vaidade e amizade; o romance de Starnone discute ressentimento, desespero e casamento.

ver mais >>

Pág. atual: 1/1000
 
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!