• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021

Corpo de cantor sertanejo é encontrado dentro de carro em BH
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021

Uma boa série? Vosso Reino, na Netflix

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > olimpíadas

Esportes - Olimpíadas

 

Terça-feira, 03 de Agosto de 2021

"Maior lutador da história", cubano ganha quarto ouro consecutivo e dedica a Fidel

Telefonema do presidente e homenagem a Fidel
Telefonema do presidente e homenagem a Fidel

Mijaín López foi o primeiro a ganhar quatro medalhas de ouro em quatro Olimpíadas consecutivas na modalidade luta greco-romana, e cinco campeonatos mundiais, considerado o maior medalhista da história do esporte. O atleta cubano, de 38 anos, há 29 pratica o esporte, e disputou pela primeira vez uma Olímpiada em Atenas, em 2004, onde obteve a quarta colocação.

ver mais >>

Terça-feira, 03 de Agosto de 2021

Thiago Braz volta a superar francês e é bronze no salto com vara em Tóquio

Thiago Braz conquistou bronze e nova vitória sobre o francês
Thiago Braz conquistou bronze e nova vitória sobre o francês

O francês Renaud Lavillenie, que nas olimpíadas do Rio fez severas críticas ao comportamento da torcida brasileira, motivo pelo qual teria perdido o título olímpico para o brasileiro Thiago Braz, amargou nova derrota e agora em solo japonês. Ele não conseguiu saltar, alegando problemas no tornozelo, e viu o brasileiro colocar no peito a medalha de bronze como o terceiro melhor colocado na prova de salto com vara. O brasileiro garantiu o bronze após uma tentativa sem sucesso de Lavillenie, que não passou os 5,87m. O francês sentiu dores durante a prova e acabou fora do pódio.

ver mais >>

Segunda-feira, 02 de Agosto de 2021

Vitória da corredora holandesa após a queda é o melhor momento olímpico - vídeo

Queniana e holandesa caem. Reprodução de vídeo
Queniana e holandesa caem. Reprodução de vídeo

A imagem da etíope naturalizada holandesa, Sifan Hassan, favorita na prova de 1.500 metros, é simbólica da vida.
Estava na penúltima volta quando foi vítima de uma queda. Tropeçou na competidora queniana que foi ao chão ao esbarrar na espanhola.
Caiu e viu o grupo se afastar ignorando seu infortúnio.

ver mais >>

Quarta-feira, 28 de Julho de 2021

Por saúde mental, Simone Biles desiste de competir finais nas Olimpíadas

Simone Bloris
Simone Bloris

Considerada a maior ginasta do mundo, a afro-americana Simone Biles desistiu nesta semana de disputar duas finais de ginástica nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. A atleta deixou de participar da final por equipes de ginástica artística ao errar um salto e também de participar da final individual geral de ginástica. A decisão da ginasta, principal nome da modalidade dos Estados Unidos, decorre da necessidade de priorizar cuidados com sua saúde mental.

ver mais >>

Terça-feira, 27 de Julho de 2021

Italo Ferreira conquista no surfe o primeiro ouro do Brasil em Tóquio

A medalha de ouro no peito de Italo - foto Instagram do atleta
A medalha de ouro no peito de Italo - foto Instagram do atleta

O otimismo com a Brazilian Storm nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 era grande, tendo em vista que os últimos dois campeões mundiais de surfe estavam em ação. Mas era preciso mostrar na água que o favoritismo atribuído a eles também era justificado. E Italo Ferreira mostrou porque está entre os melhores surfistas da atualidade.

ver mais >>

Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Políticos de direita e esquerda celebram medalhas brasileiras em Tóquio

Foto de Wander Roberto, do COB
Foto de Wander Roberto, do COB

De norte a Sul do Brasil, e fora das nossas fronteiras também, só se fala no feito de Fadinha. Ou da maranhense Rayssa Leal, de 13 anos, que conquistou na noite de domingo - ou manhã de segunda-feira (26) no Japão - a medalha de prata por conta da sua participação na disputa do Skate nas Olimpíadas de Tóquio. Ela se tornou a mais jovem atleta brasileira a levantar uma medalha na história do esporte. Curiosamente, ao seu lado, a medalhista de ouro era também uma atleta de 13 anos: a japonesa Momiji Nishiya.

ver mais >>

Pág. atual: 1/50
 
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!