• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2021

A cientista que ofendeu Caetano e Felipe Neto
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 12 de Janeiro de 2021

Lupin: Série francesa da Netflix quebra recorde na plataforma

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > olimpíadas

Esportes - Olimpíadas

 

Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020

Hanna Santos: jovem de 15 anos é um dos grandes nomes do Jiu Jitsu no Rio

Hanna Santos: a lutadora que brotou em Paraty
Hanna Santos: a lutadora que brotou em Paraty

A histórica e turística Paraty, Rio de Janeiro, além do Barroco dos belos casarios e tradições, é o habitat de uma das revelações do Jiu-Jítsu brasileiro: Hanna Santos, 15 anos. A lutadora acumula em seu cartel o Segundo Lugar Estadual do Rio de Janeiro, 2017, Campeã do Sul Fluminense, 2018, Terceiro lugar Campeonato Brasileiro, 2018, Campeã Estadual RJ 2018, Campeã do Ranking 2018, Campeã Carioca 2019, Segundo lugar Sul Americano 2019, Segundo lugar Estadual do Rio de Janeiro, 2019. Na avaliação de especialistas, Hanna já desponta como uma jovem promessa do jiu-jítsu no Estado do Rio de Janeiro.

ver mais >>

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2020

Do futebol só se houve silêncio em vez de solidariedade a Carol Solberg

Carol criticou Bolsonaro - punição é arbítrio
Carol criticou Bolsonaro - punição é arbítrio

O universo do futebol, especialmente o brasileiro, é composto por grama, bola, torcida (em tempos outros) e analfabetismo político. Com raríssimas exceções - é verdade. Daí a não poder imaginar que emerja dos gramados uma única mensagem em solidariedade a Carol Solberg que usou os microfones da arena de vôlei de praia para gritar "Fora Bolsonaro". A legítima manifestação da atleta, que fez uso da liberdade de expressão, acabou punida.

ver mais >>

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019

Katelyn Ohashi é a ginasta nota 10 que hipnotiza a plateia - vídeo

Katelyn Ohashi: nota 10 com louvor
Katelyn Ohashi: nota 10 com louvor

Ela defende a equipe da Universidade da Califórnia. Portanto, está longe de disputar uma Olimpíada. Mas sua performance no fim de semana quando disputou o Collegiate Challenge (no qual participaram veteranos da UCLA e ex-aspirantes aos Jogos Olímpicos) atingiu um novo nível: tornou-se viral na internet. O motivo? sua exibição, no vídeo abaixo, fala por si.

ver mais >>

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2018

Wallace, do vôlei, que apoiou Bolsonaro, pode ficar desempregado

Wallace faz o 17 com a ajuda de Maurício
Wallace faz o 17 com a ajuda de Maurício

Há quem tenha vibrado com a notícia de que o SESC pode perder o status de patrocinador de time de vôlei. E a razão é política, e não esportiva. Wallace, ponteiro consagrado e premiado, foi dos apoiadores de Bolsonaro durante a campanha. Ele fez o "7" com os dedos, enquanto Maurício, outro atleta, fez o "1" para comporem, juntos, o 17.

ver mais >>

Terça-feira, 01 de Maio de 2018

Diego Hypolito narra bullying sofrido na seleção de ginástica

Da Redação

Diego: bullying e abuso sexual com a cumplicidade de técnicos
Diego: bullying e abuso sexual com a cumplicidade de técnicos

Abuso sexual, bullying, humilhação. A narrativa que o ginasta brasileiro e medalhista olímpico, Diego Hypolito, faz da sua passagem pela seleção ofusca a imagem de que o esporte é acima de tudo lugar que reúne cidadãos e é controlado por gente respeitável. Sua revelação acontece em meio a polêmica que envolve um dirigente, Fernando de Carvalho Lopes, técnico de ginástica artístic, com abusos sexuais.

ver mais >>

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2018

Médico que molestou ginastas americanas é acusado de abusar de 156

Da Redação - com informações da BBC

156 mulheres teriam sido molestadas por ele
156 mulheres teriam sido molestadas por ele

O número de mulheres que teriam sido molestadas pelo médico da equipe de ginástica dos Estados Unidos é espantoso: 156. Larry Nassar foi condenado à prisão após o testemunho destas vítimas que o acusaram de abusos sexuais. As acusações contra o médico vieram à tona a partir do segundo semestre de 2017 e se intensificaram em outubro, quando McKayla Maroney, também ginasta da seleção americana, afirmou ter sofrido abusos por parte dele desde os 13 anos. A sentença será de no mínimo 40 anos e pode chegar a 175 anos. "Carregarei suas palavras comigo para o resto dos meus dias", disse Nassar às suas vítimas no tribunal.

ver mais >>

Pág. atual: 1/49
 
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!