Cesto-de-ouro – Aurinia saxatilis: Curiosidade sobre a Planta

O encantador Cesto-de-ouro – Aurinia saxatilis

Ao percorrer os campos floridos, é comum deparar-se com uma planta encantadora de pequenas e delicadas flores amarelas: o Cesto-de-ouro, cujo nome científico é Aurinia saxatilis. Originária da Europa e da Ásia, esta espécie tem conquistado o coração dos admiradores da flora por sua beleza singular. Neste artigo, iremos explorar suas características, cultivo e curiosidades. Acompanhe-nos nesse passeio pelo mundo fascinante do Cesto-de-ouro!

Descrição e características do Cesto-de-ouro

O Aurinia saxatilis, popularmente conhecido como Cesto-de-ouro, é uma planta herbácea perene da família Brassicaceae. Seu porte é baixo, chegando a atingir cerca de 30 cm de altura, formando exuberantes touceiras. Suas folhas são pequenas e verde-acinzentadas, o que proporciona um belo contraste com as suas inflorescências.

As flores do Cesto-de-ouro são o grande destaque dessa espécie. Elas são pequenas, com pétalas amarelas e um aroma sutil e agradável. Essas flores em forma de cesto surgem na primavera e se estendem até o verão, proporcionando um espetáculo de cores e perfumes nos jardins.

O cultivo do Cesto-de-ouro

O Cesto-de-ouro é uma planta de fácil cultivo, sendo uma excelente opção para os jardineiros de primeira viagem. Ela se adapta bem a diferentes tipos de solo, desde que sejam bem drenados. O ideal é preparar o solo com matéria orgânica, como húmus de minhoca, antes do plantio.

A exposição ao sol é essencial para o bom desenvolvimento do Cesto-de-ouro. Ela tolera temperaturas mais baixas e se adapta a diferentes regiões, desde que não sejam extremamente quentes. É importante regar regularmente, mantendo o solo úmido, mas evitando o encharcamento.

É possível cultivar o Cesto-de-ouro tanto em vasos como em canteiros. Nos vasos, é importante escolher um recipiente com um bom sistema de drenagem e realizar a troca do substrato anualmente. Já nos canteiros, recomenda-se espaçar as mudas de 20 a 30 cm, permitindo que se desenvolvam de forma saudável.

Curiosidades sobre o Cesto-de-ouro

Além de sua beleza ornamental, o Cesto-de-ouro possui algumas curiosidades que despertam o interesse dos admiradores de plantas. Uma delas é a sua resistência a pragas e doenças, tornando-o uma escolha segura e de baixa manutenção. No entanto, é importante ficar atento ao possível surgimento de cochonilhas, pulgões e ácaros, já que essas pragas podem afetar o seu desenvolvimento.

Outra curiosidade é a sua utilização na medicina popular. Acredita-se que o chá das folhas do Cesto-de-ouro possua propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, sendo utilizado para tratar problemas de pele, como feridas e queimaduras leves.

Apesar de seu nome “Cesto-de-ouro”, a planta não é comestível. Portanto, deve-se evitar o consumo de suas folhas e flores, pois podem causar irritações intestinais.

Conclusão

O Cesto-de-ouro, com sua elegância e delicadeza, é uma planta que merece destaque nos jardins e canteiros. Sua fácil adaptação, baixa manutenção e resistência a pragas fazem dele uma excelente opção para os amantes da jardinagem. Além disso, suas belas flores amarelas proporcionam um cenário encantador, capaz de alegrar qualquer ambiente.

Se você está pensando em renovar seu jardim ou iniciar um novo projeto, não deixe de considerar o Cesto-de-ouro – Aurinia saxatilis. Com certeza, essa planta irá surpreender você e seus convidados com sua beleza singular. Crie um verdadeiro cesto de ouro na sua vida!


Ficha Técnica

Nome científico: Aurinia saxatilis
Common names: Álisso-amarelo, Colchão-dourado, Tufo-dourado
Família: Brassicaceae
Categoria: Flores Anuais, Flores Perenes
Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, Europa
Altura: 0.1 a 0.3 metros, menos de 15 cm
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Cesto de ouro – Aurinia saxatilis Curiosidade sobre a Planta
Foto: Jody McLeod

Sobre o autor da postagem:

Picture of Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp