Calêndula – Calendula officinalis: Curiosidade sobre a Planta

O maravilhoso universo da calêndula

A natureza é repleta de plantas que possuem incríveis propriedades medicinais e terapêuticas. Uma dessas plantas é a calêndula, cujo nome científico é Calendula officinalis. Originária do Mediterrâneo, essa flor encantadora conquistou seu lugar não só nos jardins, mas também na medicina popular e na indústria cosmética.

A calêndula é uma planta herbácea anual que pode atingir até 60 centímetros de altura. Suas flores são vibrantes e brilhantes, variando entre o amarelo intenso, laranja e até mesmo tons de pêssego. Sua beleza não se limita ao aspecto visual, pois suas propriedades vão muito além do que os olhos podem ver.

Propriedades medicinais e uso na fitoterapia

A calêndula é amplamente reconhecida por suas propriedades medicinais, sendo utilizada há séculos na fitoterapia. Diversos estudos científicos têm comprovado os benefícios dessa planta, o que tem impulsionado cada vez mais seu uso na medicina alternativa e complementar.

Entre os principais benefícios da calêndula, destacam-se suas propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antissépticas e cicatrizantes. Ela é eficaz no tratamento de problemas dermatológicos, como queimaduras, eczemas, feridas, acne e psoríase. Além disso, possui ação calmante, sendo utilizada no alívio de irritações cutâneas e picadas de insetos.

Outra importante aplicação da calêndula é no tratamento de infecções bacterianas e fúngicas. Seu poder antisséptico ajuda a prevenir e combater essas infecções, fortalecendo o sistema imunológico e promovendo a saúde como um todo.

Utilização na indústria cosmética

A calêndula também se destaca na indústria cosmética, sendo utilizada em diversos produtos para cuidados pessoais. Seu óleo essencial é amplamente utilizado em cremes, loções, sabonetes e óleos corporais, devido às suas propriedades hidratantes e regeneradoras.

A presença da calêndula em produtos para cuidados com a pele contribui para a melhora da elasticidade, suavidade e aparência geral da pele. Além disso, sua ação cicatrizante auxilia na regeneração de tecidos, acelerando o processo de cicatrização de feridas e diminuindo a formação de cicatrizes.

Os benefícios não se limitam apenas à pele, pois a calêndula também pode ser encontrada em shampoos e condicionadores capilares. Suas propriedades fortalecedoras e condicionantes contribuem para a saúde e o brilho dos cabelos, combatendo problemas como a queda e a caspa.

Formas de uso da calêndula

Existem diversas formas de usufruir dos benefícios da calêndula. Uma das mais comuns é através de formulações farmacêuticas, como pomadas, géis e cremes a base de extrato ou óleo essencial de calêndula. Esses produtos são facilmente encontrados em farmácias e lojas especializadas em produtos naturais.

Outra forma de uso é através de infusões. Para preparar o chá de calêndula, basta adicionar uma colher de sopa de flores secas em uma xícara de água fervente e deixar em infusão por cerca de 10 minutos. Pode-se tomar uma a duas xícaras de chá por dia, sempre após as refeições.

O óleo de calêndula também é muito utilizado na aromaterapia e na massoterapia. Sua aplicação tópica proporciona relaxamento, alívio de tensões musculares e auxilia na melhora da circulação sanguínea.

Precauções e contraindicações

Apesar de ser considerada uma planta segura para o uso geral, é importante ter algumas precauções ao utilizar a calêndula. Pessoas alérgicas a plantas da família Asteraceae, como margaridas e crisântemos, podem apresentar reações alérgicas à calêndula. Portanto, é recomendado realizar um teste de sensibilidade antes de utilizar qualquer produto contendo essa planta.

Além disso, mulheres grávidas ou em fase de amamentação devem evitar o uso indiscriminado da calêndula, pois ainda não há evidências suficientes que comprovem sua segurança nessas condições. É sempre recomendado consultar um profissional de saúde antes de utilizar qualquer produto natural, principalmente durante a gestação ou amamentação.

Conclusão

A calêndula, também conhecida como “malmequer”, é uma planta versátil e encantadora, com uma infinidade de propriedades medicinais e terapêuticas. Presente tanto na fitoterapia quanto na indústria cosmética, essa flor tem conquistado um espaço cada vez maior no cuidado com a saúde e beleza. Seus benefícios vão desde o tratamento de problemas dermatológicos até o fortalecimento capilar, tornando-a uma ótima opção para quem busca uma abordagem mais natural e holística. No entanto, é importante estar atento às precauções e contraindicações, buscando sempre o acompanhamento de um profissional de saúde para um uso seguro e eficaz.


Ficha Técnica

Nome científico: Calendula officinalis
Common names: Malmequer, Maravilha-do-jardim
Família: Asteraceae
Categoria: Flores Anuais, Medicinal
Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: Europa, Ilhas Canárias, Mediterrâneo
Altura: 0.4 a 0.6 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Anual

Calendula – Calendula officinalis Curiosidade sobre a Planta
Foto: Christiane Calderan

Sobre o autor da postagem:

Picture of Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp