Dieta para TPM: melhores alimentos e o que evitar

Alivie os sintomas da TPM com uma dieta balanceada: inclua fibras, cálcio e magnésio e evite cafeína e sal para reduzir inchaço e irritabilidade.

Alimentos que ajudam na TPM

A TPM, ou Tensão Pré-Menstrual, é um conjunto de sintomas físicos e emocionais que muitas mulheres experienciam antes da menstruação. Sabe-se que certos alimentos podem ajudar a aliviar esses sintomas, promovendo bem-estar e equilíbrio. Uma dieta rica em certos nutrientes pode ser uma forte aliada durante esse período.

Primeiramente, é importante destacar alimentos ricos em magnésio, como nozes, amêndoas, espinafre e bananas. O magnésio é um mineral que tem um papel crucial na regulação do humor, além de ajudar no relaxamento muscular, o que pode ser particularmente benéfico para mulheres que sofrem com cólicas.

Os ácidos graxos ômega-3, encontrados em peixes como salmão, cavala e sardinha, bem como em sementes de linhaça e chia, são conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias. Esses nutrientes podem ajudar a reduzir a intensidade dos sintomas físicos da TPM, como dor nas mamas e inchaço.

Frutas e vegetais ricos em antioxidantes também são essenciais. Eles fornecem vitaminas e minerais que podem ajudar a combater o estresse oxidativo e melhorar o humor. Frutas como morangos, laranjas e outras frutas cítricas, além de vegetais folhosos escuros, devem estar presentes na dieta de quem busca aliviar os sintomas da TPM.

É igualmente importante mencionar o cálcio, encontrado em produtos lácteos, folhas verdes escuras, e figos, por exemplo. Além de ser essencial para a saúde óssea, o cálcio tem se mostrado eficaz na redução dos sintomas da TPM, particularmente em relação às mudanças de humor.

Alimentos que devem ser evitados na TPM

Durante a TPM, é igualmente crucial estar atenta aos alimentos que podem exacerbar os sintomas, tornando esse período do mês ainda mais desafiador. Alimentos que promovem a retenção de líquidos, aumentam os níveis de inflamação ou desencadeiam alterações de humor devem ser consumidos com moderação ou até mesmo evitados.

O sal é um dos principais vilões quando se trata de retenção de líquidos. Alimentos muito salgados podem contribuir para o inchaço, um sintoma frequente na TPM. Optar por temperos naturais e reduzir o consumo de alimentos processados e embutidos pode fazer uma grande diferença na maneira como você se sente.

Frituras e alimentos muito gordurosos, por sua vez, podem agravar os sintomas de dor e inchaço. Eles são mais difíceis de digerir, o que pode intensificar o desconforto abdominal. Priorizar uma dieta com alimentos mais leves e de fácil digestão é recomendado durante esse período.

Cafeína e álcool também estão na lista de substâncias a serem minimizadas. Ambos podem afetar o humor e o sono, além de poderem aumentar a tensão e a ansiedade. Bebidas como café, chá preto, refrigerantes e bebidas alcoólicas podem não ser as melhores escolhas durante a TPM.

Por fim, o açúcar refinado deve ser consumido com cautela. Embora muitas vezes haja uma vontade intensa de consumir doces durante a TPM, o açúcar pode levar a picos e quedas nos níveis de glicemia, o que pode piorar os sintomas de irritabilidade e mudanças de humor.

Adotar uma dieta balanceada e estar atenta aos alimentos que podem ajudar ou prejudicar durante a TPM é chave para vivenciar este período de maneira mais tranquila e equilibrada. Lembrando sempre que cada corpo é único e pode reagir de maneira diferente, portanto, ouvir o seu corpo e adaptar sua dieta conforme necessário é essencial.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp