Targifor C

Targifor C é um suplemento vitamínico que combina ação da vitamina C com a ajuda de aminoácidos, promovendo maior disposição e proteção ao sistema imunológico.

Como usar

Targifor C é um medicamento amplamente utilizado para aliviar dores de cabeça, enxaquecas, gripes e resfriados. Disponível na forma de comprimidos efervescentes, sua posologia varia de acordo com a idade e o quadro clínico do paciente. Recomenda-se dissolver um comprimido em um copo d’água e ingeri-lo imediatamente após essa dissolução. É importante seguir as orientações médicas e respeitar a dose máxima diária recomendada, a fim de evitar possíveis efeitos colaterais.

Como funciona

Targifor C é composto por uma associação de dois princípios ativos: o ácido ascórbico (vitamina C) e o acetilsalicílico (AAS). A combinação desses componentes é responsável pelo efeito analgésico, antitérmico e anti-inflamatório do medicamento. O ácido ascórbico atua como antioxidante, ajudando a fortalecer o sistema imunológico e prevenindo a ação dos radicais livres. Já o AAS age inibindo a síntese de prostaglandinas, substâncias que desempenham um papel na inflamação e na dor.

Quem não deve usar

Embora Targifor C seja indicado para alívio de dores e sintomas gripais, há algumas contraindicações importantes a serem consideradas. Pacientes que apresentam hipersensibilidade aos componentes da fórmula (ácido ascórbico ou AAS) não devem fazer uso desse medicamento. Além disso, indivíduos com histórico de úlcera gástrica ou duodenal, doenças hepáticas ou renais graves, distúrbios de coagulação sanguínea e asma induzida por AAS devem evitar o seu consumo. Gestantes, lactantes e crianças menores de 12 anos também devem consultar um médico antes de iniciar o tratamento com Targifor C.

Possíveis efeitos colaterais

Embora seja geralmente bem tolerado, Targifor C pode causar alguns efeitos colaterais em determinados casos. É importante estar ciente dessas reações adversas para poder agir de forma adequada caso ocorram. Dentre os efeitos colaterais mais comuns estão: irritação gástrica, náuseas, azia, vômitos e diarreia. Em casos mais raros, podem ocorrer reações alérgicas, como urticária e inchaço facial. É essencial procurar auxílio médico caso qualquer sintoma indesejado seja observado durante o tratamento com Targifor C. Vale ressaltar que o uso prolongado e em doses elevadas do medicamento pode aumentar o risco de complicações gástricas, ulceração e sangramento.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp