Sinusite fúngica: o que é, sintomas e tratamento

A sinusite fúngica é uma infecção causada por fungos que afetam os seios da face, causando nariz entupido, dor de cabeça e secreção nasal. O tratamento envolve o uso de antifúngicos e, em casos graves, cirurgia.

Sinusite fúngica: o que é, sintomas e tratamento

A sinusite fúngica é uma condição inflamatória dos seios paranasais causada pela presença de fungos nos tecidos sinusais. Essa forma específica de sinusite é menos comum do que a sinusite bacteriana ou viral, mas pode ser mais difícil de tratar devido à sua natureza fúngica. Neste artigo, discutiremos os principais sintomas da sinusite fúngica, como confirmar o diagnóstico, as principais causas da doença e como é feito o tratamento.

Principais sintomas

Os sintomas da sinusite fúngica podem variar de acordo com a gravidade da infecção. Alguns dos principais sintomas incluem:

1. Congestão nasal persistente: o congestionamento nasal é um dos sintomas mais comuns da sinusite fúngica. A sensação de nariz entupido pode durar semanas ou até mesmo meses.

2. Dor facial: a inflamação dos tecidos nasais e dos seios paranasais pode causar dores faciais, especialmente ao redor dos olhos e nas maçãs do rosto.

3. Dor de cabeça crônica: dores de cabeça recorrentes ou persistentes são frequentemente associadas à sinusite fúngica. As dores de cabeça podem ser intensas e dificultar a realização das atividades diárias.

4. Secreção nasal com odor desagradável: a secreção nasal na sinusite fúngica pode ser espessa, amarelada ou esverdeada, com um odor característico desagradável.

5. Tosse persistente: a irritação nos seios paranasais pode levar ao gotejamento pós-nasal, causando tosse persistente.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da sinusite fúngica pode ser um desafio para os médicos, pois os sintomas podem ser semelhantes aos de outras condições sinusais. No entanto, algumas abordagens são utilizadas para confirmar o diagnóstico da sinusite fúngica:

1. Histórico clínico detalhado: o médico irá perguntar sobre os sintomas, a duração e a progressão da doença para avaliar a possível presença de sinusite fúngica.

2. Exame físico: o médico realizará um exame minucioso do nariz e dos seios paranasais para procurar sinais de inflamação ou infecção fúngica.

3. Exames de imagem: geralmente são solicitados exames de imagem, como tomografia computadorizada (TC) dos seios paranasais, para obter imagens detalhadas e identificar possíveis alterações atribuíveis à sinusite fúngica.

4. Cultura de tecido: em alguns casos, uma amostra de tecido nasal ou sinusoidal pode ser coletada para cultivo de fungos, a fim de confirmar o tipo e a presença de fungos causadores da sinusite.

Principais causas

A sinusite fúngica é causada pela invasão de fungos nos tecidos sinusais, mas existem alguns fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a condição:

1. Sistema imunológico enfraquecido: indivíduos com sistema imunológico comprometido, como pacientes com HIV/AIDS ou câncer, têm maior probabilidade de desenvolver sinusite fúngica.

2. Uso prolongado de antibióticos: o uso excessivo ou prolongado de antibióticos pode afetar o equilíbrio bacteriano nos seios paranasais e aumentar o risco de crescimento fúngico.

3. Alergias ou asma: pessoas com alergias ou asma crônicas têm maior predisposição para desenvolver sinusite fúngica.

4. Cirurgias nasais anteriores: pacientes que passaram por cirurgias nasais prévias podem ter maior risco de desenvolver sinusite fúngica devido a alterações na anatomia nasal.

Como é feito o tratamento

O tratamento da sinusite fúngica geralmente envolve a combinação de medicamentos antifúngicos e medidas para aliviar os sintomas.

1. Antifúngicos sistêmicos: medicamentos antifúngicos orais, como o itraconazol ou o fluconazol, podem ser prescritos para combater a infecção fúngica.

2. Corticosteroides nasais: os corticosteroides nasais podem ser utilizados para reduzir a inflamação e aliviar os sintomas da sinusite fúngica.

3. Irrigação nasal: a lavagem nasal com solução salina pode ajudar a remover secreções e aliviar a congestão nasal.

4. Cirurgia endoscópica sinusal: em casos graves de sinusite fúngica, a cirurgia endoscópica sinusal pode ser necessária para remover tecidos inflamados ou obstruídos.

Em suma, a sinusite fúngica é uma condição inflamatória dos seios paranasais causada pela presença de fungos nos tecidos sinusais. É importante estar atento aos principais sintomas, buscar um diagnóstico adequado e seguir o tratamento indicado pelo médico para aliviar os sintomas e combater a infecção fúngica.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp