Exercícios de propriocepção para recuperação do ombro

Aumente a estabilidade e força do seu ombro com exercícios de propriocepção, que estimulam a consciência e controle dos movimentos, auxiliando na recuperação.

Como fazer exercícios de propriocepção para o ombro

A propriocepção é o sentido que nos permite perceber a posição, a movimentação e a orientação dos diferentes segmentos do corpo, sem precisar olhar para eles. No caso do ombro, exercícios de propriocepção são cruciais para a recuperação de lesões e para a prevenção de futuras lesões. Neste artigo, vamos apresentar uma série de exercícios que podem ser realizados para fortalecer a propriocepção do ombro, garantindo maior estabilidade e funcionalidade a essa região tão importante do corpo.

Exercício 1: Rotação Externa com Theraband

Para realizar esse exercício, você precisará de uma theraband, que é uma faixa elástica muito utilizada em treinamentos de reabilitação. A primeira etapa é fixar a theraband em um ponto fixo, na altura do umbigo, por exemplo. Em seguida, segure a outra ponta da theraband com o braço afetado pela lesão do ombro, deixando o cotovelo colado ao corpo. A partir dessa posição inicial, lentamente realize uma rotação externa do braço, estendendo-o para longe do corpo. A ideia é manter o controle e a estabilidade durante todo o movimento. Repita o exercício de 10 a 15 vezes, em três séries.

Exercício 2: Estabilização em Posição de Quatro Apoios

Esse exercício é excelente para fortalecer a musculatura ao redor do ombro, o que contribui para a estabilidade e a propriocepção. Para realizá-lo, posicione-se em quatro apoios, com os joelhos e as mãos apoiados no chão. Certifique-se de que as mãos estejam alinhadas com os ombros. Em seguida, levante um dos braços em direção ao teto, mantendo o equilíbrio e a estabilidade do corpo. A dica é evitar qualquer rotação ou inclinação do tronco durante o movimento. Mantenha o braço elevado por alguns segundos antes de retornar à posição inicial. Faça de 10 a 15 repetições em três séries, alternando os braços.

Exercício 3: Prancha com Apoio Unilateral

A prancha é um exercício muito conhecido para fortalecer o core, mas quando realizado com apoio unilateral, também é eficaz para a propriocepção do ombro. Comece na posição de prancha tradicional, com os antebraços e os pés apoiados no chão. Em seguida, eleve um dos braços, mantendo o corpo alinhado e o equilíbrio. A ideia é desafiar a estabilidade do ombro ao retirar um ponto de apoio. Mantenha essa posição por alguns segundos antes de trocar de braço. Realize de 10 a 15 repetições em três séries.

Exercício 4: Lançamento de Bola Passe e Pega

Esse exercício é um pouco mais avançado, mas também muito eficaz para a recuperação da propriocepção do ombro. Utilize uma bola macia e realize um movimento de lançamento e pegada, passando a bola de uma mão para a outra. O objetivo é fazer esse movimento de forma controlada e precisa, mantendo a estabilidade do ombro durante todo o processo. Comece com uma distância curta e vá aumentando gradualmente a distância à medida que ganha confiança e controle. Repita o exercício de 10 a 15 vezes, em três séries.

Exercício 5: Movimentação em Desníveis

Esse exercício é ótimo para trabalhar a propriocepção do ombro, simula situações de desequilíbrio e exige um maior controle e estabilidade. Para começar, coloque uma tábua de madeira ou uma superfície instável no chão. Apoie as mãos sobre essa superfície, na posição de prancha. Em seguida, mova um dos braços para frente e para trás, tentando manter o equilíbrio do corpo. A ideia é simular um movimento em um terreno irregular, desafiando o ombro a se adaptar e se estabilizar. Faça de 10 a 15 repetições em três séries, alternando os braços.

A realização regular desses exercícios de propriocepção para o ombro irá contribuir para a recuperação de lesões, melhorar a estabilidade articular e prevenir futuras lesões. No entanto, é importante lembrar que a prática deve ser orientada por um profissional da área, como um fisioterapeuta ou um educador físico, para garantir a correta execução dos exercícios e evitar possíveis complicações. Lembre-se também de respeitar os limites do seu corpo e de progredir gradualmente nos exercícios, sempre buscando o acompanhamento de um especialista. Com dedicação e disciplina, é possível conquistar um ombro mais forte e funcional.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp