Cambará – Lantana camara: Curiosidade sobre a Planta

Cambará – Lantana camara: uma planta invasora de grande impacto no Brasil

O Brasil é um país rico em biodiversidade, contando com uma variedade de espécies de fauna e flora. No entanto, nem todas as espécies presentes em nosso território são nativas ou benéficas para o ecossistema. Este é o caso da Lantana camara, conhecida popularmente como cambará, uma planta invasora de grande impacto no Brasil.

A origem e propagação do cambará

O cambará é originário das regiões tropicais das Américas Central e do Sul, e foi introduzido no Brasil como planta ornamental no século XIX. Devido à sua resistência e capacidade de adaptação, o cambará se propagou de forma rápida e intensa em todo o país. Hoje, é possível encontrá-lo em diversos biomas brasileiros, desde a Mata Atlântica até o Cerrado.

Uma das características que torna o cambará uma planta invasora é a sua capacidade de reprodução. A espécie possui flores que produzem um grande número de sementes, que são facilmente dispersadas pelo vento, animais e até mesmo pelo homem. Além disso, o cambará também se reproduz por meio de estacas, o que facilita ainda mais a sua propagação.

O impacto negativo do cambará no ecossistema

O cambará possui diversas características que o tornam uma planta invasora de grande impacto no ecossistema brasileiro. Uma delas é o fato de ser capaz de formar densas moitas, que competem com espécies nativas por luz, água e nutrientes. Isso resulta na redução da biodiversidade local, já que as plantas nativas não conseguem competir com o cambará.

Além disso, o cambará é uma planta tóxica para muitos animais, incluindo bovinos e equinos. O consumo da planta pode provocar intoxicações graves, levando até mesmo à morte dos animais. Essa toxicidade também se estende a algumas espécies de aves e insetos, que consomem suas flores e frutos.

Outro impacto negativo causado pelo cambará é a sua capacidade de alterar o ciclo natural de alguns insetos polinizadores. A planta atrai esses insetos com suas flores coloridas, porém, como não é uma espécie nativa, ela pode enganar os polinizadores, que não encontrarão alimento adequado para se reproduzir. Com isso, o cambará acaba afetando a reprodução de diversas espécies de insetos.

As medidas de controle do cambará

A erradicação do cambará é um desafio, uma vez que a planta se espalhou por grandes áreas do país. No entanto, algumas medidas de controle têm sido adotadas com sucesso em algumas regiões. Uma delas é a realização de campanhas de conscientização, visando informar a população sobre os riscos e impactos do cambará, bem como sobre as formas corretas de manejo da planta.

Outra medida importante é a realização de monitoramento e controle nas áreas invadidas. A remoção manual dos indivíduos, principalmente quando são encontradas plantas jovens, é uma opção viável. Além disso, a utilização de herbicidas específicos para o cambará pode ser eficaz no controle da planta, embora seja necessário tomar cuidado para evitar a contaminação de outras espécies.

Considerações finais

O cambará – Lantana camara – é uma planta invasora de grande impacto no Brasil. Sua rápida e intensa propagação em diferentes biomas tem causado a redução da biodiversidade local e impactos negativos na fauna. Além disso, a toxicidade da planta para animais e o desequilíbrio na reprodução de insetos polinizadores são preocupações adicionais.

Para combater a presença do cambará, é necessário o engajamento de órgãos governamentais, instituições de pesquisa, comunidades locais e conscientização da população em geral. Somente com a adoção de medidas integradas de controle será possível mitigar os impactos causados pelo cambará e preservar nosso rico ecossistema brasileiro.


Ficha Técnica

Nome científico: Lantana camara
Common names: Bandeira-espanhola, Camará, Camaradinha, Cambará-de-cheiro, Cambará-miúdo, Cambará-verdadeiro, Cambarazinho, Chumbinho, Lantana, Lantana-cambará, Verbena-arbustiva
Família: Verbenaceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes, Plantas Daninhas
Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: América Central, América do Sul
Altura: 0.9 a 1.2 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Cambara – Lantana camara Curiosidade sobre a Planta
Foto: Raquel Patro

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp