Probióticos – O que é? Para que serve? Beneficios

Probióticos: aliados da saúde e do bem-estar

A busca por uma vida mais saudável e equilibrada tem se tornado cada vez mais presente em nossa sociedade. Dentre as várias estratégias adotadas para alcançar esse objetivo, os probióticos têm ganhado destaque. Mas afinal, o que são probióticos e por que eles têm despertado tanto interesse? Neste artigo, vamos explorar esse tema e desvendar todos os benefícios que esses micro-organismos podem oferecer para nossa saúde.

O que é?

Antes de entendermos o que são probióticos, é importante conhecermos o universo dos micro-organismos. Nosso corpo é habitado por uma infinidade de bactérias, fungos e vírus, que compõem o chamado microbioma humano. E é nesse cenário que os probióticos entram em cena. Probióticos são micro-organismos vivos que, quando ingeridos em quantidades adequadas, conferem benefícios à nossa saúde.

Esses micro-organismos podem ser encontrados em alimentos fermentados, como iogurtes, kefir, chucrute e tempeh, ou em forma de suplementos. Os probióticos mais comuns são as bactérias das espécies Lactobacillus e Bifidobacterium, mas existem outras variedades que também podem ser utilizadas com propósitos terapêuticos.

Para que serve e quais os benefícios?

Os probióticos desempenham diversas funções em nosso organismo, e seus benefícios vão além do trato intestinal. Esses micro-organismos são capazes de promover o equilíbrio da microbiota intestinal, melhorar a digestão e a absorção de nutrientes, fortalecer o sistema imunológico e contribuir para a saúde da pele.

Além disso, estudos têm apontado que os probióticos podem ajudar no combate a diversos problemas de saúde, como diarreia, constipação, síndrome do intestino irritável e até mesmo alergias. Eles também podem desempenhar um papel importante na prevenção e tratamento de infecções, como infecções urinárias e vaginais.

Outro benefício dos probióticos está relacionado à saúde mental. Pesquisas têm mostrado que esses micro-organismos podem influenciar positivamente o nosso humor e reduzir os níveis de ansiedade e depressão. Isso ocorre porque o intestino possui uma grande quantidade de neurônios e neurotransmissores, o que faz dele um dos principais órgãos responsáveis pela produção de neurotransmissores, como a serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade.

Como usar

A inclusão dos probióticos na rotina alimentar pode ser bastante simples. Como mencionado anteriormente, esses micro-organismos podem ser encontrados em alimentos fermentados, como iogurtes e kefir. Portanto, consumir esses alimentos regularmente pode ser uma ótima estratégia para promover o equilíbrio da microbiota intestinal.

Caso prefira utilizar suplementos, é importante seguir as recomendações do fabricante quanto à dosagem e forma de consumo. Os suplementos probióticos estão disponíveis em cápsulas, sachês ou até mesmo em forma líquida.

É importante ressaltar que, para obter os benefícios dos probióticos, é fundamental escolher produtos de qualidade, com cepas específicas e quantidades adequadas de micro-organismos. Portanto, é sempre indicado buscar orientação de um profissional da área da saúde, como um nutricionista ou médico, para avaliar as suas necessidades individuais e indicar o produto mais adequado.

Contraindicações

Embora os probióticos sejam considerados seguros para a maioria das pessoas, é importante ressaltar que alguns indivíduos podem apresentar reações adversas. Pessoas com sistema imunológico comprometido, como pacientes em tratamento de câncer ou que tenham passado por um transplante de órgãos, devem evitar o uso de probióticos sem a devida orientação médica.

Além disso, em casos de intolerância à lactose ou alergia a algum componente presente nos alimentos ou suplementos probióticos, é importante observar a composição do produto antes de consumi-lo. Algumas pessoas também podem apresentar gases, inchaço abdominal ou desconforto gastrointestinal ao consumir probióticos, especialmente em altas quantidades.

Em resumo, os probióticos são micro-organismos benéficos que podem auxiliar na manutenção da saúde e no equilíbrio do organismo. Seja através de alimentos fermentados ou suplementos, a inclusão desses micro-organismos na dieta pode trazer uma série de benefícios para o nosso corpo, tanto do ponto de vista físico quanto emocional. No entanto, é sempre importante buscar orientação profissional para garantir o uso adequado e seguro dos probióticos.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp