Ginkgo Biloba – O que é? Para que serve? Beneficios

Ginkgo Biloba: a planta que traz benefícios para a saúde

Você já ouviu falar em Ginkgo Biloba? Talvez esse nome soe estranho para você, mas acredite, essa planta possui muitos benefícios para a nossa saúde. Conhecida como uma das espécies mais antigas de árvores do mundo, o Ginkgo Biloba tem origem chinesa e sua história remonta a milhões de anos.

Considerada sagrada para os chineses, o Ginkgo Biloba é uma planta de grande valor medicinal. Suas folhas possuem um composto chamado flavonóides que são potentes antioxidantes e anti-inflamatórios naturais, além de serem ricas em terpenoides, que melhoram a circulação sanguínea.

O que é o Ginkgo Biloba?

O Ginkgo Biloba é uma árvore originária da China que se tornou conhecida por suas propriedades medicinais. É considerada uma espécie única e primitiva, sendo o único representante vivo de seu gênero e família. Seu nome científico é “Ginkgo Biloba” e tem sido utilizado há séculos na medicina tradicional chinesa para tratar diversos problemas de saúde.

A árvore de Ginkgo Biloba é reconhecida principalmente por suas folhas. Elas são em formato de leque, de coloração verde intensa e possui um aroma característico. Além disso, a árvore é muito resistente e capaz de sobreviver por longos períodos, chegando a viver mais de mil anos.

Para que serve e seus benefícios?

O Ginkgo Biloba possui diversos benefícios para a saúde, sendo amplamente utilizado para melhorar a circulação sanguínea e estimular a memória. Além disso, essa planta está associada a uma série de propriedades terapêuticas que ajudam a tratar problemas como a ansiedade, depressão, tontura e zumbido no ouvido.

Uma das principais ações do Ginkgo Biloba é dilatar os vasos sanguíneos, melhorando a circulação e aumentando a oxigenação do cérebro. Isso pode ajudar a melhorar a memória, a concentração e a prevenir o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer.

Além disso, o Ginkgo Biloba é rico em antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres e ajudam a prevenir o envelhecimento celular. Esses antioxidantes também podem fortalecer o sistema imunológico e reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Como usar o Ginkgo Biloba?

Existem diversas formas de utilizar o Ginkgo Biloba. É possível encontrar extratos da planta em cápsulas, comprimidos, chás e até mesmo em forma de tintura. A dosagem recomendada varia de acordo com a indicação do fabricante e a finalidade do uso. Por isso, é importante sempre seguir as instruções presentes na embalagem do produto.

No entanto, é válido ressaltar que o uso do Ginkgo Biloba deve ser orientado por um profissional da saúde, principalmente se a pessoa estiver fazendo uso de medicamentos ou se tiver algum problema de saúde específico.

Contraindicações do Ginkgo Biloba

Apesar dos benefícios associados ao Ginkgo Biloba, essa planta também possui algumas contraindicações. A principal delas é para pessoas que possuam algum tipo de distúrbio de coagulação sanguínea, pois o Ginkgo Biloba pode aumentar o risco de sangramentos.

Além disso, gestantes, lactantes e crianças devem evitar o consumo de Ginkgo Biloba, pois ainda não existem estudos suficientes que comprovem sua segurança nesses casos. Pessoas alérgicas às substâncias presentes na planta também devem evitar o seu uso.

Em resumo, o Ginkgo Biloba é uma planta que traz diversos benefícios para a saúde, principalmente no que se refere à melhora da circulação sanguínea e estímulo da memória. No entanto, é importante ressaltar que seu uso deve ser orientado por um profissional da saúde, respeitando as doses recomendadas e as contraindicações. Com cuidado e uso adequado, podemos desfrutar dos benefícios dessa planta milenar.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp