Brasil e Argentina duelam pela Liga das Nações de vôlei masculino

Após bater Alemanha na estreia, seleção volta à quadra hoje às 21h

A seleção masculina de vôlei terá um clássico sul-americano pela frente na segunda rodada da Liga das Nações. Nesta quinta-feira (8), às 21h (horário de Brasília), os brasileiros enfrentam a Argentina, em Ottawa (Canadá). O último jogo entre os rivais ocorreu nas quartas de final do Campeonato Mundial do ano passado, em Gliwice (Polônia), com triunfo verde e amarelo por 3 sets a 1. Em 2021, as equipes decidiram o título sul-americano, com os brasileiros levando a melhor. Antes, porém, os argentinos ganharam o duelo pelo terceiro lugar na Olimpíada de Tóquio (Japão), que valeu a medalha de bronze.ebcebc

COM O PÉ DIREITO! 💛💚

A seleção masculina superou a Alemanha por 3 sets a 1 em sua estreia na Liga das Nações.

Na quinta-feira, tem Brasil 🇧🇷 x 🇦🇷 Argentina, às 21h (de Brasília), com transmissão do @sportv 2! 📺.

Bora torcer!!! pic.twitter.com/39Htq8w3Cl

— CBV (@volei) June 8, 2023

O Brasil estreou com vitória na Liga das Nações, que reúne as 16 principais seleções do mundo. Na última quarta-feira (7), a equipe comandada por Renan Dal Zotto fez 3 sets a 1 na Alemanha, com parciais de 26/24, 25/16, 19/25 e 25/15.

“Ganhar é sempre bom, ainda mais no primeiro jogo, porque estreia é sempre complicada. Principalmente pelo primeiro set, que a gente ficou o tempo todo atrás e conseguiu a virada. Esse tipo de virada é muito importante, dá confiança e mostra que o time está concentrado”, disse o ponteiro Lucarelli, destaque do Brasil na partida, com 20 pontos, ao site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

O regulamento da Liga das Nações prevê que as seleções façam quatro jogos por semana, contra rivais diferentes. A primeira fase tem duração de três semanas, cada uma disputada em uma sede. Os oito melhores se classificam para o mata-mata, que será todo realizado em Gdansk (Polônia).

Na sede de Ottawa, o Brasil ainda enfrentará Cuba e Estados Unidos. Entre os dias 20 e 25 de junho, em Orleans (França), os adversários serão Bulgária, Japão, Eslovênia e os donos da casa. Por fim, de 4 a 8 de julho, em Pasay (Filipinas), os brasileiros medirão forças com Itália, Holanda, Polônia e China.

O Brasil foi campeão da Liga das Nações em 2021, superando a Polônia na final, após ser eliminado nas semifinais nas duas edições anteriores (2018 e 2019). Em 2022, os brasileiros caíram nas quartas de final para os Estados Unidos.


Brasil e Argentina duelam pela Liga das Nações de vôlei masculino
© FIVB/Divulgação

Fonte: Agência Brasil

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp