MIMO Festival celebra 20 anos em São Paulo, Rio de Janeiro e Itabira

Evento musical é gratuito e reúne artistas brasileiros e estrangeiros

A partir da semana que vem, o MIMO Festival leva música gratuita para três cidades brasileiras: São Paulo, entre os dias 12 e 14 deste mês, Rio de Janeiro, nos dias 16 e 17, e Itabira, em Minas Gerais, de 19 a 21 de maio. A programação especial vai comemorar os 20 anos do festival.

Nesse período, foram realizadas 57 edições em 12 cidades do Brasil e da Europa, com apresentação de 4 mil músicos. Os destaques do festival deste ano são Paulinho da Viola, Arnaldo Antunes & Vitor Araújo, a estadunidense Lakecia Benjamin, a banda congolesa Jupiter & Okwess e o inglês Don Letts.

A idealizadora é Lu Araújo, que em 2023 resolveu organizar um festival que colocasse artistas para se apresentar em lugares reconhecidos como patrimônios culturais e históricos do país. É o caso das ladeiras de Olinda, em Pernambuco, sede da primeira edição. A programação leva sempre em conta a diversidade de músicos e estilos.

“Como é um evento gratuito, posso apostar muito mais em coisas não tão midiáticas, mas que são muito boas para o público. E essa experiência acaba sendo uma abertura de janelas para o público, que pode descobrir músicas além das que ouve na televisão, nas mídias sociais, nas rádios. E, além disso, conhecer culturas novas. Eu não tenho conhecimento de nenhum outro festival do Brasil que tenha trazido, em 20 anos, tantos artistas de tantos continentes diferentes”, disse Lu Araújo.

Desde 2003, o MIMO passou pelas cidades mineiras de Ouro Preto e Tiradentes; Rio de Janeiro e Paraty, no estado do Rio, Recife, João Pessoa, São Paulo, Serra, no Espírito Santo, e São Francisco do Sul, em Santa Catarina. Amarante e Porto, em Portugal, também receberam o evento. Entre centenas de concertos, destaque para nomes como Gilberto Gil, Tom Zé, Hermeto Pascoal, Emicida, Buena Vista Social Club, Madredeus, Ibrahim Maalouf, Toninho Horta, Chucho Valdés, Richard Bona, Egberto Gismonti, Chick Corea, Richard Galliano, Guinga, Isaac Karabtchevsky e Nelson Freire.

Além de música, o festival apresenta filmes e realiza workshops e debates com a presença do público. Uma ação paralela é a etapa educativa, em que, a cada edição, artistas convidados participam de aulas para crianças, jovens e estudantes de música. As atividades são gratuitas e a organização do evento calcula que mais de 30 mil alunos tenham sido contemplados até hoje.

“Claro que ninguém vai se formar em uma hora e meia ou duas horas de um workshop. Mas são artistas muito importantes, inspiradores, que se você conseguir sair com um elemento positivo daquela aula para o seu trabalho, já é válido. Todos os grandes nomes que passaram pelo festival ministraram aulas. Ter uma aula com Chick Corea, Philip Glass ou Herbie Hancock é um luxo”, disse Lu Araújo.

São Paulo 

Na capital paulista, o MIMO Festival começa às 18h do próximo dia 12, na Arena B3, com apresentação do português Manuel de Oliveira. Às 21h, o Grande Auditório do Museu de Arte de São Paulo (Masp) recebe os argentinos do Piazzolla Octeto Electrónico, comandado por Nico Sorin. No dia 13, o Parque Villa-Lobos recebe shows da banda Jupiter & Okwess, da República do Congo, da saxofonista americana do jazz Lakecia Benjamin, dos ingleses Prince Fatty e Shniece Mcmenamin com o brasileiro Monkey Jhayam e o DJ inglês Don Letts, que vai fazer um set especial e apresentar o novo longa-metragem de sua autoria,  “O Rebel Dread”.

Haverá ainda concertos de Arnaldo Antunes, com o pianista Vitor Araújo, de Lucinha Turnbull e do cabo-verdiano Mario Lucio & Os Kriols. No domingo do Dia das Mães, a edição paulista do evento vai ser encerrada no Parque Villas-Lobos com apresentação de Paulinho da Viola.

Rio de Janeiro

Na capital fluminense, o MIMO é em um único dia: 16 de maio, na Cidade das Artes Bibi Ferreira, na Barra da Tijuca. As apresentações serão na Sala Eletroacústica, no Teatro de Câmara e na Grande Sala. Entre as atrações, Lakecia Benjamin, Mario Lucio & Os Kriols, Bruno Capinan, Jupiter & Okwess, Manuel de Oliveira, Don Letts e o Piazzolla Octeto Electrónico por Nico Sorin.

Além da música, haverá mostra de cinema no dia 17, no Estação NET Botafogo, com a exibição dos filmes As canções de amor de uma bicha velha, do diretor André Sandino Costa, e Rebel Dread, de William e Badgley.

Itabira

A cidade natal do poeta Carlos Drummond de Andrade será sede do MIMO de 19 a 21 de maio. Os shows serão no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade e na Concha Acústica e o concerto do violonista português Manuel de Oliveira, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

As principais atrações do MIMO em Itabira serão Arnaldo Antunes e Vitor Araújo, Simone Mazzer, Don Letts, Jupiter & Okwess e o grupo Gilsons, e a Orquestra de Câmara da Fundação Carlos Drummond de Andrade.

A programação completa e os locais dos shows estão disponíveis no site do evento.

MIMO Festival celebra 20 anos em São Paulo, Rio de Janeiro e Itabira
© Festival Mimo/Divulgação

Fonte: Agência Brasil

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp