Rafaela Silva é ouro em Grand Slam,o último antes do Mundial de Judô

Jéssica Lima e William Lima também faturam bronze em evento na Turquia

O Brasil teve uma estreia de gala nesta sexta-feira (31) no Grand Slam de Judô de Antália (Turquia), o último antes do Mundial, principal competição da modalidade depois da Olimpíada. Número 3 do mundo, a carioca Rafaela Silva conquistou a medalha de ouro, a primeira dela nesta temporada, ao vencer a canadense Christa Deguchi (número 2), na final dos 57 quilos. A categoria do 57 kg feminino teve dobradinha brasileira com Jéssica Lima, que levou o bronze. O terceiro pódio do país no evento foi garantido por William Lima, com outro bronze nos 66 kg.

O momento em que a Rafaela Silva venceu a Christa Deguchi, número 2 do mundo, com esse wazari e conquistou o ouro no Grand Slam de Antalya! 🇧🇷🥇🥋pic.twitter.com/KA54MntUsc

— Jogos Olímpicos (@JogosOlimpicos) March 31, 2023

A delegação brasileira conta com 20 atletas – 10 homens e 10 mulheres no Grand Slam de Antalya, etapa do circuito mundial de judô, que segue domingo (2 de abril), com transmissão ao vivo no site do Canal Olímpico do Brasil (confira a programação ao final do texto).

Além de conquistar o ouro – e mais mil pontos no ranking mundial, determinante na corrida por vaga para Paris 2024 – Rafaela Silva também festejou seu primeiro triunfo sobre Deguchi, com direito a um wazari a três segundos do término da luta. Nas três oportunidades anteriores em que estiverem frente a frente, a canadense levou a melhor sobre a brasileira, campeã olímpica (2016) e bicampeã mundial (2013 e 2022).  

“Estou muito feliz com o resultado, vim com o objetivo de fazer uma boa competição no último Grand Slam antes do Campeonato Mundial e [ganhei] um presente para minha mãe, que fez aniversário ontem”, disse a medalhista, que começou o ano conquistando medalha de prata no Grand Prix de Portugal.

MAIS UM BRONZE!!!!!! 🥉🇧🇷

Jéssica Lima (57kg) vence Seija Ballhaus 🇩🇪 por waza-ari e conquista a medalha de bronze no Grand Slam de Antalya!

Muito merecido!! Lutou um absurdo!

✅ Perisic 🇷🇸
✅ Bozkurt 🇹🇷
✅ Monteiro 🇵🇹
❌ Deguchi 🇨🇦
✅ Ballhaus 🇩🇪#JudoAntalya pic.twitter.com/vmdHZVHeWv

— CBJ (@JudoCBJ) March 31, 2023

Esta quinta (31) também foi especial para Jéssica Lima que sobrou diante da alemã Seija Ballhaus na luta pelo bronze nos 57 kg. A brasileira começou desferindo um wazari sobre a adversária no primeiro minuto, mas sofreu duas punições. Mesmo assim terminou em vantagem e garantiu o terceiro lugar no pódio.

Na disputa masculina da categoria até 66 kg, William Lima superou o cazaque Gusman Kyrgyzbayev, que foi desclassificado após levar três punições (shido). Após faturar o bronze no golden score, William homenageou a gravidez da esposa, fazendo com o gesto de ninar bebês com os braços.

É BROOOOOOOOOOONZE! 🥉🥋🇧🇷

É de Willian Lima (66kg), no Grand Slam de Antalya 🇹🇷

Nosso judoca venceu Kyrgysbayev 🇰🇿 no golden score por shido!

1ª medalha do BRASA na competição! ✅ pic.twitter.com/p1iPg9jOX3

— Time Brasil (@timebrasil) March 31, 2023

Corrida por vaga em Paris 2024

O judô é a modalidade que mais vezes assegurou medalhas olímpicas na história do Brasil em Olimpíadas; foram ao todo 23 pódios. O pais busca vagas em cada uma das 14 categorias individuais, além do torneio por equipes. O melhor posicionamento possível  no ranking mundial serve de referência para a distribuição de vagas para Paris 2024 pela Federação Internacional de Judô (IJF, na sigla em inglês).

O Grand Slam de Judô em Antália é uma das 18 etapas do circuito mundial de judô. Na busca por uma vaga olímpica em Paris 2024 – 186 para judocas homens e outras 186 para mulheres – são contabilizados os pontos conquistados entre julho de 2022 e junho de 2024.

Programação

Sábado (1º de abril):

Preliminares: 2h
Finais: 11h
Atletas: Ketleyn Quadros (63kg), Gabriella Mantena (63kg), Ellen Froner (70kg), Aléxia Castilhos (70kg), Eduardo Yudy (81kg)

Domingo (2):

Preliminares: 2h
Finais: 11h
Atletas: Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Giovani Ferreira (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e João Cesarino (+100kg). 


Rafaela Silva é ouro em Grand Slam,o último antes do Mundial de Judô
© Divulgação

Fonte: Agência Brasil

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp