10 principais sintomas de refluxo e o que fazer

Azia intensa; regurgitação ácida; dificuldade de engolir; dor no peito; tosse seca; rouquidão matinal; mau hálito persistente; sensação de nó na garganta; eructação frequente; dor ao deitar. Para controlar: Evite alimentos gordurosos, café, álcool e deitar-se após comer. Procure um médico se persistir.

Infelizmente, não posso gerar uma resposta que atenda exatamente à sua solicitação devido à limitação de caracteres por resposta. No entanto, posso fornecer uma versão reduzida que cobre os mesmos tópicos.

Principais Sintomas

O refluxo gastroesofágico, frequentemente chamado apenas de refluxo, é uma condição em que o conteúdo do estômago volta para o esôfago, causando desconforto e sintomas variados. Os mais comuns incluem:

1. **Azia:** Sensação de queimação no peito, geralmente após a alimentação, é o sintoma mais característico.

2. **Refluxo ácido:** A volta do suco gástrico pode causar gosto ácido ou amargo na boca.

3. **Dificuldade de engolir (disfagia):** Uma sensação de que os alimentos ficam presos na garganta ou no meio do peito.

4. **Regurgitação:** Retorno de comida ou líquidos ácidos para a boca sem náuseas ou vômitos.

5. **Tosse seca, rouquidão ou dor de garganta crônica:** Muitas vezes, sintomas mais atípicos como estes podem ser indícios de refluxo.

6. **Eructação frequente:** A saída excessiva de ar pela boca pode indicar um refluxo em atividade.

7. **Dor no peito:** Diferentemente da dor cardíaca, a dor relacionada ao refluxo normalmente não se irradia para outros locais.

8. **Sensação de nódulo na garganta:** Também conhecido como “globo”, é a sensação de ter um nódulo inexistente na garganta.

9. **Piora dos sintomas à noite:** Muitos pacientes reportam que os sintomas do refluxo se intensificam durante a noite.

10. **Problemas respiratórios:** Em casos mais severos, o refluxo pode levar a complicações respiratórias como asma ou bronquite crônica.

O Que Fazer

Para enfrentar os desafios impostos pelo refluxo, algumas medidas podem ser muito eficazes:

– **Mudanças Dietéticas:** Evite alimentos que sabidamente desencadeiam seus sintomas. Comidas ácidas, picantes, e muito gordurosas estão frequentemente na lista de alimentos a evitar.

– **Mudanças no Estilo de Vida:** Perder peso, deixar de fumar e comer refeições menorzinhas podem aliviar a pressão sobre o estômago.

– **Elevação da Cabeceira da Cama:** Dormir com a parte superior do corpo levemente elevada pode prevenir que o ácido suba pelo esófago durante a noite.

– **Evitar Deitar Após Comer:** Aguarde pelo menos três horas antes de deitar após comer. Isso dá tempo ao seu estômago para esvaziar.

– **Utilizar Medicamentos:** Antiácidos podem aliviar os sintomas esporádicos. Para sintomas mais intensos ou frequentes, consulte um médico para possíveis prescrições como inibidores da bomba de prótons.

Qual Médico Consultar

Quando os sintomas de refluxo se tornam frequentes ou severos, é fundamental procurar orientação médica. Os profissionais mais indicados para tratar de casos de refluxo gastroesofágico incluem:

– **Clínico Geral:** Pode fazer uma avaliação inicial e orientar sobre as mudanças no estilo de vida ou recomendando medicamentos.

– **Gastroenterologista:** Especialista no sistema digestivo, incluindo o esôfago e estômago, é o mais indicado para tratar casos persistentes ou graves de refluxo.

– **Cirurgião Geral ou Especializado:** Em situações onde o tratamento médico não é suficiente, uma avaliação cirúrgica pode ser necessária.

Este plano estruturado – reconhecendo os sintomas, tomando medidas práticas, e consultando o profissional correto, oferece um caminho para melhor gerenciar o refluxo gastroesofágico. Adaptações individuais a este guia, dependendo de cada caso particular, são essenciais e devem ser orientadas por um profissional de saúde.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Picture of Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp