Edema de glote: o que é, sintomas, causas e o que fazer

Edema de glote é o inchaço da abertura da laringe, causando dificuldade respiratória e rouquidão. Resulta de alergias, infecções ou lesões. Tratamento requer emergência médica.

Edema de Glote: O Que É

O edema de glote, um cenário médico assustador e potencialmente fatal, ocorre quando ocorre um inchaço na glote, a parte da laringe que contém as cordas vocais. Essa condição, marcada por uma obstrução repentina das vias aéreas, requer atenção médica imediata devido ao seu potencial para obstruir a respiração. A glote, localizada na porção inferior da garganta, é essencial para vários processos vitais, incluindo respirar, falar e proteger as vias respiratórias durante a ingestão de alimentos ou bebidas. Quando o edema é acionado, o inchaço pode ser tão severo que impede a passagem de ar, representando uma emergência médica imediata.

Principais Sintomas

Os sintomas do edema de glote podem surgir subitamente e se agravar rapidamente. Esses incluem dificuldade de respirar, que pode ser evidente pelo som de estridor – uma respiração ruidosa que ocorre devido ao estreitamento da via aérea. Outros sintomas podem englobar uma voz rouca, uma sensação de aperto na garganta, ou a incapacidade de falar. A tosse pode ser presente, muitas vezes acompanhada por um som agudo. Pacientes também podem experimentar ansiedade devido à dificuldade de respirar, podendo progredir para sinais de hipoxia, como cianose (coloração azulada da pele e mucosas) se a intervenção médica não for imediata.

Principais Causas

O edema de glote pode ser provocado por uma variedade de fatores. Alergias graves, também conhecidas como reações anafiláticas, estão entre as causas comuns, originadas pela ingestão de certos alimentos, picadas de inseto, ou exposição a medicamentos específicos. Traumas físicos na área do pescoço ou da garganta, seja por acidentes ou procedimentos médicos invasivos, também podem resultar nesse inchaço. Infecções respiratórias que inflamam e irritam a glote são outros potenciais desencadeantes. Adicionalmente, fatores como o refluxo ácido, que podem irritar a garganta e a área das cordas vocais, contribuem para o desenvolvimento do edema glótico.

O Que Fazer

Quando confrontado com um possível edema de glote, é imperativo procurar assistência médica de emergência imediatamente. Enquanto o suporte definitivo é providenciado, manter a calma é crucial. Se possível, tente identificar e remover a fonte da reação alérgica, como um alimento ou medicamento. No caminho para o atendimento ou enquanto espera pela emergência, manter o indivíduo sentado pode ajudar a otimizar a respiração. Profissionais de saúde podem administrar tratamentos que incluem a administração de epinefrina, corticosteroides para reduzir o inchaço, e oxigênio suplementar para suportar a respiração. Intervenções adicionais podem incluir procedimentos para abrir as vias aéreas, como a intubação ou uma traqueostomia, dependendo da gravidade do edema de glote.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp