Higiene íntima correta na gravidez diminui risco de candidíase

A boa higiene íntima durante a gravidez é essencial para prevenir infecções, como a candidíase. Cuidados adequados evitam desconfortos e garantem uma gestação saudável.

Higiene íntima correta na gravidez diminui risco de candidíase

Como fazer a higiene íntima na gravidez corretamente

Durante a gravidez, é fundamental que as mulheres redobrem os cuidados com a higiene íntima, pois o aumento dos níveis de estrogênio e progesterona no organismo pode tornar a região mais suscetível a infecções, como a candidíase. Por isso, é importante adotar uma rotina de higiene adequada para prevenir problemas e garantir o bem-estar durante esse período tão especial. A seguir, veja algumas dicas de como fazer a higiene íntima na gravidez corretamente:

– Lave a região genital externa diariamente: Utilize água morna e um sabonete neutro para higienizar a região externa da vagina. Evite o uso de produtos perfumados, pois eles podem causar irritações. Certifique-se de que o sabonete seja específico para a higiene íntima e livre de substâncias agressivas. Lave delicadamente, sem esfregar ou usar buchas, para não agredir a pele sensível.

– Faça a lavagem de frente para trás: Durante a higiene íntima, a mulher grávida deve sempre se lembrar de limpar a região genital de frente para trás, evitando assim a contaminação da vagina por bactérias do intestino, o que pode resultar em infecções.

– Troque os absorventes com frequência: Durante a gravidez, é normal o aumento da produção de secreções vaginais. Por isso, é importante trocar os absorventes íntimos com maior frequência para evitar a proliferação de bactérias e fungos, como o causador da candidíase.

– Utilize papel higiênico macio e sem fragrâncias: Na hora de secar a região íntima após a lavagem, opte por papel higiênico macio e sem perfume. Fique atenta também para sempre fazer o movimento de frente para trás, evitando arrastar bactérias do ânus para a vagina.

– Dê preferência às roupas íntimas de algodão: O uso de roupas íntimas de tecidos sintéticos pode aumentar a umidade e facilitar o desenvolvimento de infecções na região genital. Portanto, durante a gravidez, dê preferência às roupas íntimas de algodão, que são mais higiênicas e permitem uma melhor circulação de ar.

Produtos de higiene íntima na gravidez

Além da adoção de uma boa rotina de higiene íntima, é importante escolher produtos adequados para a saúde da região genital durante a gravidez. Confira algumas opções que podem auxiliar nesses cuidados:

– Sabonetes íntimos: Os sabonetes específicos para a higiene íntima são formulados para manter o pH da região genital equilibrado, evitando o desenvolvimento de infecções. Procure por produtos suaves e hipoalergênicos, livres de corantes, parabenos e fragrâncias.

– Lenços umedecidos íntimos: Os lenços umedecidos específicos para a higiene íntima podem ser uma opção prática para as mulheres grávidas. No entanto, é importante escolher produtos que sejam dermatologicamente testados e livres de substâncias irritantes.

– Óleos de higiene íntima: Alguns óleos específicos para a higiene íntima podem ajudar a manter a região genital saudável durante a gravidez. Eles ajudam a evitar o ressecamento e a aumentar a lubrificação natural, contribuindo para a prevenção de infecções.

– Cremes ou géis vaginais: Em caso de sintomas de infecções ou desconfortos na região íntima durante a gravidez, é importante procurar orientação médica. Em alguns casos, poderá ser indicado o uso de cremes ou géis vaginais para tratar o problema.

É fundamental lembrar que, durante a gravidez, qualquer produto introduzido na região íntima deve ser utilizado com orientação médica. Cada mulher é única, e somente um profissional de saúde poderá indicar o melhor cuidado para cada caso, levando em consideração fatores individuais.

Portanto, a higiene íntima correta durante a gravidez desempenha um papel importante na prevenção da candidíase e de outras infecções. Seguir as orientações de limpeza adequada, escolher produtos específicos para essa fase e sempre buscar acompanhamento médico são atitudes essenciais para garantir o bem-estar e a saúde íntima da gestante.

Este conteúdo não deve ser usado como consulta médica. Para melhor tratamento, sempre consulte um médico.

Sobre o autor da postagem:

Picture of Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp