• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020

Globo fará debates nesta sexta-feira em 35 cidades

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > olimpíadas

Esportes - Olimpíadas

 

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2016

Estadão: família de Nuzman explora alimentação da Rio 2016

Da Redação

Criticada pela qualidade e preço, a comida comercializada nos Jogos Olímpicos do Rio, a Team Foods, pertence a família de Márcia Peltier, mulher do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Artur Nuzman. Há dias em Conexão Jornalismo (leia aqui) postamos reportagem onde uma jornalista criticava a qualidade e o preço extremamente alto da refeição comercializada ali em regime de "exclusividade". Em reportagem publicada no Estadão, Jamil Chade revela o imbróglio que envolve o dirigente do esporte nacional, que vem patinando em todas as modalidades esportivas, e as suspeitas de favorecimento. Leia aqui.



Jamil Chade, ,

Alvo de controvérsias nos Jogos Olímpicos, a empresa Team Foods que fornece alimentos para o evento tem ligações com a família do presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman. As falhas da empresa chegaram a gerar uma crise aberta entre o COI e a Rio2016, numa reunião tensa no início da semana.
O dono da empresa é Emílio Odebrecht Peltier de Queiroz é neto da do criador da Norberto Odebrecht. Mas ele também é parente de Francisco Peltier de Queiroz. Francisco foi marido de Márcia Peltier, hoje a esposa de Nuzman.

Leia também:
Comida na Vila Olímpica é cara e ruim


Pelas regras do Comitê Rio-2016, a contratação de funcionários, consultores ou empresas relacionadas com diretores da organização está vetada. Mas, com a autorização especial de um dos membros da cúpula, os contratos podem ser assinados em situações extraordinárias. Nos últimos dias, a empresa foi duramente criticada por não abastecer de forma adequada o evento.

A crise chegou a gerar uma briga numa das reuniões da última segunda-feira entre o COI e os organizadores nacionais. O COI acusava o Rio-2016 de ter descumprido seu compromisso de garantir a alimentação do parque. O Estado apurou que os organizadores foram obrigados a multiplicar por dez o número de funcionários internos da empresa, além de reduzir o menu oferecido e chamar os Correios para ajudar na Operação.

Para o Rio-2016, a contratação ocorreu de forma correta. "Não existe conflito de interesse", disse Mario Andrada, diretor de Comunicações do Rio-2016. Além de apontar que o ex-marido não faz parte da família, o próprio Nuzman "não faz parte das decisões de licitações do Comitê Organizador". "O Conselho de Diretores aprovou o contrato", explicou Andrada.

Do Estadão

 

Veja também:

>> Joanna Maranhão desabafa e apresentadoras do Sportv minimizam

>> Caçada a Pokemon Go na porta da DP dá nisso - vídeo

>> Alejandra Benitez: esgrimista denuncia golpe, despreza Temer e conquista o ouro

>> De "macaca" a "heroína", muitos dos que xingaram Rafaela Silva hoje a bajulam

>> Policiais atendem chamada de idosos e descobrem que eram vítimas da solidão

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Estadão: família de Nuzman explora alimentação da Rio 2016
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!