• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 27 de Julho de 2016

Preta Gil denuncia racismo na rede
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 26 de Julho de 2016

Record muda data de estreia de programa de Fábio Porchat

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > novas mídias

Cultura - Novas Mídias

 

Quinta-feira, 08 de Janeiro de 2015

Demissões do Globo estão relacionadas a processo milionário na Justiça

Da Redação

Por trás da onda de demissões do Globo, onde mais de 160 profissionais de diversos setores foram dispensados nesta quinta-feira (08), estaria um problema grave provocado pela própria empresa e que envolve o Infoglobo e a Justiça do Trabalho. O Grupo responde a um processo judicial por conta da demissão de jornalistas e outros profissionais que estão prestes a completar 60 anos. A medida de caráter empresarial, que visa reduzir despesas, foi durante três anos alvo de investigação do Ministério Público do Trabalho.

No meio jornalístico especula-se que a chamada "expulsória" (princípio no qual o profissional é demitido ao completar 60 anos) estaria sendo antecipada para evitar dificuldades mais à frente, quando se daria o processo de demissão por idade.

Durante três anos a procuradora do Trabalho, Luciana Tostes, constatou que o comportamento da empresa feriria princípios que deveriam proteger o trabalhador e o idoso. Como o Infoglobo não concordou em rever o modelo de gestão considerado discriminatório contra a pessoa idosa, o MP acabou por encaminhar, em junho de 2013, pedido de ação civil pública à 24ª Vara do Trabalho.

A ação foi registrada sob o número 0010309-05.2013.5.01.0024. Nela, Luciana Tostes pede multa de R$ 5 milhões à empresa e que a editora deixe de dispensar empregados em virtude, unicamente, de sua idade.

- Trata-se de uma medida importante para que a empresa se comprometa a não adotar mais essa prática, disse à época a procuradora.

Somado à questão trabalhista, o Grupo Globo tem sofrido também com a queda nas vendas dos jornais e o crescimento da Internet. Para garantir o fechamento das contas o Grupo tem preservado sua receita, ao longo de mais de uma década, graças a verbas publicitárias provenientes de órgãos públicos.

Nesta quinta-feira foram demitidos 160 profissionais envolvendo redação, comercial e administrativo. Boa parte dos demitidos já tem mais de 50 anos.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio publicou uma nota oficial sobre o ocorrido:





Rede Globo



No início de dezembro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio entrou com um novo pedido de fiscalização do Ministério do Trabalho, agora contra a Rede Globo. O objetivo é a apuração e responsabilização da empresa diante de irregularidades em sua relação com os jornalistas.

Novamente antes da decisão extrema várias reuniões entre a entidade e a direção da empresa foram realizadas, sem sucesso.


O Dia não deposita FGTS há oito meses



A crise financeira atingiu também ao popular O Dia onde há oito meses o FGTS dos trabalhadores não é depositado. Ontem a presidenta do Sindicato, Paula Mairan, esteve na redação e buscou negociar com a direção. Diários Associados (que abriga também a Rádio Tupi) e O Lance também enfrentam dificuldades.

 

Veja também:

>> Menino de 3 anos recorda vida passada, identifica assassino e localiza corpo enterrado

>> O Globo volta a demitir jornalistas

>> Ratinho ganha mais uma concessão de TV

>> China quer elevar investimentos e comércio com América Latina

>> Professor critica gestão da Educação no governo Dilma

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Demissões do Globo estão relacionadas a processo milionário na Justiça
 

Copyright 2016 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!