Arenas do Parque Olímpico são transformadas em unidades de ensino

Ginásio educacional foi inaugurado hoje no Rio pelo presidente Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, nesta quarta-feira (7), da inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado e do lançamento da pedra fundamental do campus Parque Olímpico/Cidade de Deus do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ). A cerimônia ocorreu no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense, onde as arenas esportivas estão sendo transformadas em unidades de ensino.ebcebc

Lula defendeu os investimentos no ensino público e disse que a meta é entregar mais 100 institutos federais neste mandato. Segundo o presidente, em seus dois primeiros mandatos e nos mandatos da ex-presidenta Dilma Rousseff, 682 institutos federais foram criados no país.

Rio de Janeiro (RJ), 07/02/2024 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Rio de Janeiro (RJ), 07/02/2024 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

“Não existe exemplo de nenhum país do mundo desenvolvido sem que antes ele tenha investido na educação. Acontece que aqui no Brasil colocar dinheiro na educação é considerado como se fosse gasto, que é uma visão equivocada para desmoralizar o serviço público”, disse.

“O serviço público no país, historicamente, atendia pouca gente, mas se você pegar os grandes cientistas, os grandes pesquisadores, os grandes intelectuais brasileiros, todos estudaram em escolas públicas, não precisaram ir para nenhuma universidade no exterior. Então, o que estamos fazendo é tentando dar ao Brasil, no século 21, uma oportunidade que não deram em nenhum século. Ou seja, é apostar que o povo brasileiro é tão inteligente quanto qualquer outro povo e o que ele precisa é apenas ter oportunidade de ter acesso às coisas que todo ser humano deveria ter”, ressaltou o presidente.

Serão repassados R$ 15 milhões para a construção do campus do IFR, na Arena Carioca 2, com recursos do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O terreno foi cedido pela prefeitura do Rio de Janeiro e a entrega está prevista para 2025. A unidade atuará no eixo ambiente e saúde, ofertando cursos na área de enfermagem, farmácia e análises clínicas, e no eixo controle e processos Industriais, com cursos na área de automação industrial, mecânica e sistemas de energia.

Em seu discurso, Lula afirmou ainda que, caso o campus no Parque Olímpico não atenda plenamente os estudantes da Cidade de Deus, uma nova unidade poderá ser construída no bairro.

A iniciativa faz parte política de expansão dos institutos federais no país. Ainda hoje, Lula lança outro campus do IFRJ, no Complexo do Alemão. Desde esta terça-feira (6) o presidente cumpre agendas no Rio de Janeiro, onde também anunciou a criação de institutos federais de educação na Baixada Fluminense.

Rio de Janeiro (RJ), 07/02/2024 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Rio de Janeiro (RJ), 07/02/2024 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades durante inauguração do Ginásio Educacional Olímpico (GEO) Isabel Salgado, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Legado olímpico

A Arena Carioca 3, no Parque Olímpico, foi transformada pela prefeitura do Rio no GEO Isabel Salgado. A escola funcionará em tempo integral e beneficiará cerca de mil alunos. A medida faz parte das ações previstas no Plano de Legado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

A escola recebeu o nome de Maria Isabel Salgado, referência do vôlei brasileiro. A atacante começou a praticar vôlei aos 12 anos e, aos 16, já integrava a equipe principal do Flamengo. Jogou em vários clubes brasileiros e também no exterior. Ela também defendeu o Brasil nas Olimpíadas de 1980, em Moscou, e 1984, em Los Angeles. Isabel morreu em novembro em 2022, aos 62 anos.

África

Ainda em seu discurso, Lula contou que, neste mês, irá à África. Nos dias 15 e 16, fará visita oficial ao Egito e nos dias 17 e 18 de fevereiro, estará em Adis Abeba, capital da Etiópia, para participar, como convidado, da reunião de chefes de Estado e de governo da União Africana.

Arenas do Parque Olímpico são transformadas em unidades de ensino
© Tomaz Silva/Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp