Governo de SP dá início aos estudos de privatização da EMAE

Levantamento de avaliação, estruturação e execução da alienação de ativos mobiliários são executados pelo Consórcio Nova EMAE Genial

Governo de SP dá início aos estudos de privatização da EMAE

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Parcerias em Investimentos, e os consultores do Banco Genial realizam nesta quarta-feira (21) a primeira reunião de trabalho para a elaboração dos estudos de pré-viabilidade e modelagem da privatização da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae).

A Instituição integra o “Consórcio Nova EMAE Genial” que venceu a licitação. Os estudos envolvem a avaliação, estruturação e execução da alienação de ativos mobiliários detidos direta e indiretamente pelo Governo de São Paulo no âmbito da EMAE.

Com o contrato firmado na modalidade de menor preço, a instituição será remunerada com 0,69% sobre o valor das ações alienadas no processo.

A iniciativa integra o Programa de Parcerias de Investimentos do Estado de São Paulo (PPI-SP). Ao todo, são 17 propostas, que podem alcançar investimentos de até R$ 192,3 bilhões.

A EMAE é uma sociedade anônima de capital aberto controlada pelo Estado de São Paulo e que atua no setor de geração de energia hidrelétrica. Ela opera usinas hidrelétricas e termelétrica, barragens, represas, usinas elevatórias, além dos Canais Pinheiros e Guarapiranga, além das Represas Billings e Guarapiranga – todos na Grande São Paulo.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp