Bacharel em Direito pode prestar concursos que não exigem OAB

Oportunidades incluem cargos de delegado, auditor e diplomata.

image
Imagem: Freepik

A conclusão do curso superior em Direito confere ao estudante o título de bacharel, mas para começar a advogar é preciso ser aprovado no Exame da Ordem Unificado, popularmente conhecido como a prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

A aprovação requer bastante preparo e pode não ser obtida na primeira tentativa. De acordo com as informações do Conselho Federal da OAB, o exame realizado no segundo semestre de 2021 foi o que apresentou o maior índice de candidatos aprovados da série histórica, iniciada em 2010. O percentual foi de 31,4%.

Em números arredondados, foram aprovados cerca de 50 mil candidatos de um total de 150 mil inscritos. Em termos de comparação, nas duas provas anteriores, realizadas no primeiro semestre de 2021 e no segundo semestre de 2020, os índices foram de 21,3% e 18,7%, respectivamente.

Mas além da advocacia, outros caminhos também podem ser trilhados pelos bacharéis em Direito. Muitos concursos, que oferecem bons salários, não exigem a aprovação no exame da OAB como pré-requisito. Alguns exemplos são as seleções para delegado da Polícia Federal, auditor da Receita Federal e diplomata.

A orientação é para que os candidatos se mantenham atentos aos editais para conferir as exigências para a realização do concurso desejado.

Delegado Federal tem salário acima de R$ 23 mil

O último concurso para delegado da Polícia Federal foi lançado em 2020. As provas foram realizadas em 2021, sendo divididas em duas fases. Na primeira, os candidatos responderam questões objetivas e na segunda, discursivas.

O concurso ainda teve outras quatro etapas: exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e realização do curso de formação.

O certame ofereceu um total de 1.500 vagas, sendo 123 para delegado. As outras oportunidades foram distribuídas entre os cargos de agente, escrivão e papiloscopista. O salário de delegado previsto no edital era de R$ 23.692,74, sem contar os benefícios.

O concurso ainda está em sua validade e, até o momento, ainda não há previsão de abertura para uma nova seleção.

Planejamento anuncia novo concurso para Receita Federal

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, informou que um novo concurso para a Receita Federal será realizado em breve. O anúncio foi feito em abril, durante visita à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), no campus Araraquara, sem detalhes sobre vagas ou cargos que serão contemplados.

O último concurso realizado para a Receita Federal ainda está em andamento. Em maio, foi divulgado o resultado da prova objetiva para os cargos de auditor e analista. Para a aprovação na seleção, é preciso passar por quatro etapas: exames objetivos e discursivos, pesquisa de vida pregressa e curso de formação.

O edital da seleção foi publicado em dezembro do ano passado. Foram oferecidas 699 vagas, sendo 230 para auditor. As vagas podem ser ocupadas por graduados em qualquer curso superior reconhecido pelo MEC, incluindo Direito. O salário inicial para o cargo é de R$ 21.029,09, sem considerar bônus e benefícios.

Concurso para diplomata tem banca definida

O Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) foi definido como banca organizadora do próximo concurso para diplomatas, conforme publicação feita, em maio, no Diário Oficial da União (DOU). A expectativa é que sejam abertas 30 vagas para o cargo.

Para prestar concurso público para diplomata, o candidato deve ter idade mínima de 18 anos, diploma de curso superior, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, apresentar aptidão física e mental para assumir o cargo.

As provas são divididas em três fases, sendo apenas a primeira objetiva. A segunda é discursiva com questões de português e inglês. A terceira, também discursiva, abrange temáticas de direito, economia, geografia, história do Brasil e política internacional, além de testar os conhecimentos em espanhol e francês.

O salário inicial para o cargo de diplomata é de R$ 19.199,06, mas, com as progressões, pode chegar a R$ 27.369,67.

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp