SP já emitiu mais de 5 mil carteiras da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista

Um total de 5,4 mil documentos, de 526 municípios do estado, foram emitidos gratuitamente através do portal Ciptea e 799 estão em elaboração

SP já emitiu mais de 5 mil carteiras da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista

Levantamento inédito da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência aponta que, quase dois meses após o anúncio da viabilização da emissão gratuita da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA), 5.470 documentos já foram emitidos no portal (https://ciptea.sp.gov.br), desenvolvido pela Prodesp.

Outras 799 solicitações já foram aprovadas e estão elaboração. Ao todo, cidadãos de 526 municípios (81%) do Estado de São Paulo já solicitaram no portal Ciptea a emissão da carteirinha.

“Nossa meta é que a informação da emissão gratuita dessa identidade específica para pessoas com TEA chegue ao conhecimento das cerca de 460 mil que vivem no Estado de São Paulo”, afirma o secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa. “As pessoas autistas precisam saber que a nova gestão viabilizou o documento através de um plano estadual pensado exclusivamente para elas e que vamos trabalhar cada vez mais para a inclusão delas à sociedade”, destaca.

O levantamento aponta também que os casos de reprovação estão relacionados ao preenchimento incorreto dos dados do beneficiário ou responsável, laudo médico ilegível ou sem assinatura e/ou CRM do médico e foto não anexada. Até o momento, cerca de 20% dos pedidos foram recusados. O motivo da recusa fica registrado no sistema, no perfil do usuário, e o ajuste pode ser feito no próprio portal para nova análise e posterior aprovação.

CIPTEA

A carteirinha oficial de identificação para pessoas com TEA adere ao previsto na Lei Federal n° 13.977/20 e na Lei Estadual nº 17.651/23, promulgada pelo Governo de SP agora em março. Idealizado pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e desenvolvido pela Secretaria de Gestão e Governo Digital, o documento facilita o acesso ao atendimento integral, prioritário e humanizado das pessoas com TEA nos serviços públicos e privados em todo o Estado.

Para obter a identificação, o interessado deve acessar o portal https://ciptea.sp.gov.br, fazer um cadastro e apresentar o laudo médico e uma foto. As solicitações são recebidas, avaliadas e, quando aprovadas, o usuário pode fazer o download do documento oficial para impressão no conforto de sua casa.

Caso seja de preferência do beneficiário, o Poupatempo do Canindé, na zona norte da capital paulista, oferece o serviço de orientação para solicitação e cadastro da carteirinha. No local, já foram emitidas 356 carteirinhas em um tempo médio de 20 minutos de atendimento. Todo o processo é validado pelo próprio atendente, com a impressão e entrega imediata do documento.

Outras 25 unidades do Poupatempo em cidades do interior e do litoral passarão a oferecer o novo serviço de forma gradativa.

A ação faz parte do Plano Estadual Integrado para Pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (PEIPTEA), lançado através do decreto nº 67.634, de 6 de abril de 2023, pelo Governo do Estado e desenvolvido pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência em parceria com as secretarias estaduais de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social.

O Plano tem como foco alinhar, articular e ampliar os serviços de atendimento a pessoas com TEA a partir do trabalho de um Comitê Gestor composto por representantes de todos os envolvidos, que atua conjuntamente, em suas respectivas áreas, na promoção de ações para efetivar políticas públicas e implementação dos cuidados a este grupo.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Comentários

Mais recentes!

Mais clicados!