Mães comemoram oportunidade dos filhos pelo Jovem Aprendiz Paulista

Programa do Governo de SP possibilita que jovens de 14 a 18 anos tenham experiência em pequenas empresas perto de casa

Mães comemoram oportunidade dos filhos pelo Jovem Aprendiz Paulista

A assistente administrativa Cristiane Gonçalves, de Guarulhos, viu no Programa Jovem Aprendiz Paulista, do Governo de São Paulo, uma oportunidade para a filha de 16 anos conciliar os estudos e o desenvolvimento de habilidades para o mercado de trabalho.

 

O programa coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, em parceria com a pasta de Projetos Estratégicos, incentiva as micro e pequenas empresas do estado a contratarem jovens de 14 a 18 anos matriculados na rede pública estadual de ensino. A iniciativa oferece benefícios ao empregador, como capacitação custeada pelo governo e a vaga fica próxima à escola ou à casa do aluno. Além disso, empreendedores parceiros têm respaldo legal para recolhimento reduzido de FGTS e desoneração de verbas rescisórias.

 

“Hoje eu vejo a Stephany com maior autoestima. Ela faz planos, quer se aprofundar nos conhecimentos”, afirma Cristiane.

 

Além da perspectiva de um futuro profissional, a mãe comemora a rotina que o programa trouxe à vida da jovem. “Ela criou um senso de responsabilidade muito grande”, acrescenta.

 

Stephany, que está cursando o segundo ano do Ensino Médio, afirma que tem aprendido mais a cada dia. “Os professores são bem acessíveis nas aulas online para tirar nossas dúvidas. Estou muito feliz em saber que estou tendo essa oportunidade que milhares de jovens queriam ter”, diz a adolescente.

 

A cabeleireira Maria Angela Carvalho dos Santos, de Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo, é outra que celebra esse Dia das Mães com a notícia da contratação do filho mais velho. Isaac Gabriel Carvalho, de 14 anos, foi um dos primeiros selecionados do Jovem Aprendiz Paulista.

 

Ciente das dificuldades para a entrada dos jovens no mercado formal de trabalho, Maria Angela destaca a experiência e a responsabilidade que o filho irá adquirir. “Sou muito grata. Espero que ele cresça bastante”, disse ela.

 

O contrato pode chegar a 24 meses. A jornada dos aprendizes é de quatro dias de trabalho, com carga horária diária de 4 a 6 horas, e um dia exclusivo para capacitação online. A remuneração mensal é de até R$ 917,59, com base no salário-mínimo/hora e de acordo com os períodos de expediente e treinamento.

 

O programa também oferece acompanhamento semanal do jovem por um tutor durante a capacitação aplicada, que prevê o desenvolvimento psicológico do jovem. Também é previsto apoio total durante o trabalho, com ciclos de avaliação e monitoramento junto aos responsáveis. Para mais informações e para se inscrever no programa, basta acessar o site: jovemaprendiz.sp.gov.br

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp