Famílias começam a ser transferidas para a Vila de Passagem em São Sebastião

As 72 unidades vão abrigar vítimas dos deslizamentos, enquanto 704 novas moradias são construídas; investimentos somam R$ 210 milhões

Famílias começam a ser transferidas para a Vila de Passagem em São Sebastião

1683594786 127 Familias comecam a ser transferidas para a Vila de Passagem
A primeira fase da Vila de Passagem tem 72 unidades e está localizada no Centro (Topolândia) do município

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SDUH), por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), iniciou a transferência das vítimas dos deslizamentos que ocorreram em São Sebastião para a Vila de Passagem. As transferências serão realizadas de forma gradual e, neste primeiro momento, estão programadas a entrega de 12 unidades provisórias.

A primeira fase da Vila de Passagem tem 72 unidades e está localizada no Centro (Topolândia) do município. As moradias provisórias têm 18 m2 de área útil e foram edificadas com painéis de madeira. Trata-se de uma medida emergencial e provisória para acomodar as famílias, enquanto a CDHU constrói as 704 unidades habitacionais definitivas, nos bairros Baleia Verde e Maresias.

Desde a última quinta-feira (4), doze moradias já estão prontas para receber as famílias, que são encaminhadas conforme a situação de vulnerabilidade. Elas participaram das visitas de reconhecimento, quando puderam conhecer o espaço e tirar dúvidas sobre as habitações.

1683594787 592 Familias comecam a ser transferidas para a Vila de Passagem
As moradias provisórias têm 18 m2 de área útil e foram construídas para acomodar as famílias enquanto a CDHU constrói as 704 unidades habitacionais definitivas

A programação é fazer a ocupação destas unidades até a próxima sexta-feira (12). As 60 unidades restantes estão com as estruturas montadas e aguardam acabamento e doação de móveis, eletrodomésticos e botijão de gás para serem ocupadas.

A CDHU providenciou transporte e operacional para as mudanças. As famílias também receberam em doação kit de eletrodomésticos, com geladeira, fogão e mobiliário.

Para atender provisoriamente os desabrigados, a CDHU disponibilizou também 300 apartamentos no Condomínio Quaresmeira, no município de Bertioga. Até o momento, 290 famílias já se mudaram para o local.

Futuras Moradias

Os investimentos em habitações somam R$ 210 milhões para as famílias desabrigadas. As 704 moradias definitivas já estão em construção. As obras começaram no dia 24 de março, com previsão de conclusão de 180 dias. No bairro Baleia Verde, estão sendo edificadas 518 novas moradias em terreno com 39,3 mil m².

O conjunto será composto por 30 prédios de quatro pavimentos, 20 casas térreas, 18 unidades adaptadas para pessoas com deficiência e quatro centros de apoio ao condomínio. Os imóveis terão dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 41 m2 de área útil.

Já em Maresias estão em andamento as obras de 186 apartamentos, com dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 44 m2 de área útil, O residencial contará com quatro prédios de quatro pavimentos e dois centros de apoio ao condomínio.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp