USP abre edital para bolsas de pós-doutorado voltadas a pesquisadores negros

Edital da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento oferece 50 bolsas de pesquisa, no valor de R$ 8.479 mensais

USP abre edital para bolsas de pós-doutorado voltadas a pesquisadores negros

Pesquisadoras e pesquisadores negros de todo o Brasil têm até o dia 10 de maio para se inscrever no Edital Bolsas de Pós-Doutorado para Pesquisadoras e Pesquisadores Negros, que disponibilizará 50 bolsas no valor de R$ 8.479,20 mensais. O aporte tem duração de 12 meses, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

As bolsas são oferecidas pela Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento (PRIP), em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI). Para se inscrever, o candidato deve ser brasileiro, ter concluído o doutorado e possuir traços fenotípicos que o caracterizem como de cor preta ou parda.

“Nosso objetivo com esse programa é contribuir para a diversificação racial do contingente de pós-doutores negros, aumentando as chances de diversificação racial e de gênero dos docentes não só na USP, mas em todas as universidades brasileiras”, explicou a pró-reitora de Inclusão e Pertencimento, Ana Lucia Duarte Lanna.

Serão selecionados projetos que visem à ampliação e à ressignificação de temas, problemas e abordagens relacionados a todas as áreas do conhecimento. A seleção de bolsistas será feita mediante avaliação do Plano de Trabalho, por mérito acadêmico, pela contribuição para o desenvolvimento da pesquisa e avanço do conhecimento em sua área de incidência, e por avaliação curricular/experiência na área escolhida para desenvolvimento do projeto.

O bolsista também receberá um valor adicional de 10% do valor da bolsa referente à reserva técnica, que poderá ser utilizado em pagamento de diárias e passagens aéreas, participação em eventos, publicação de artigos e compra de material de consumo para pesquisa.

A inscrição pode ser feita até o dia 10 de maio, com o preenchimento do formulário on-line e envio do currículo Lattes atualizado, fotografia recente, autodeclaração racial, projeto de pesquisa e plano de trabalho. O edital completo está disponível na página da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento.

Primeiro edital

Esta não é a primeira iniciativa desse tipo na Universidade. Em setembro do ano passado, foi lançado um edital direcionado exclusivamente a pós-doutorandas negras, que despertou o interesse de pesquisadoras de todo o País. Ao todo, 268 projetos foram inscritos e três foram selecionados.

Conheça um pouco da vida e da pesquisa das três pós-doutorandas selecionadas na primeira edição do edital Bolsas de Pós-Doutorado para Seleção de Pesquisadoras Negras.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Picture of Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp