Estado de SP tem um terço das melhores cidades brasileiras para empreender, diz estudo

A capital lidera o ranking que traz ainda outros 11 municípios paulistas entre os 15 com melhor infraestrutura no país

Estado de SP tem um terço das melhores cidades brasileiras para empreender, diz estudo

Das 101 melhores cidades para empreender no país, 28 ficam no estado de São Paulo. É o que mostra a última edição do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), produzido pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). O estudo leva em conta os municípios mais populosos e analisou sete critérios: Ambiente Regulatório, Infraestrutura, Mercado, Acesso a Capital, Inovação, Capital Humano e Cultura Empreendedora.

A melhor cidade para empreender no país é São Paulo. Já o segundo melhor município paulista no ranking é Osasco (11º), seguido por Jundiaí (12º), São Bernardo do Campo (16º) e São José dos Campos (17º). Todos estão à frente de capitais importantes como Belo Horizonte, Fortaleza e Salvador.

O Estado se destacou, principalmente, no quesito Infraestrutura em sete indicadores: Conectividade, Via Rodovias, Número de Decolagens por Ano, Distância ao Porto mais Próximo, Acesso à Internet Rápida, Preço Médio do m², Custo da Energia Elétrica e Taxa de Homicídios.

Nesse caso, dos 15 melhores municípios do país, 12 são paulistas: São Paulo, Limeira, Santos, Guarujá, Guarulhos, Piracicaba, Campinas, São Bernardo do Campo, Itaquaquecetuba, Sorocaba, Suzano e Mogi das Cruzes.

“As cidades paulistas são destaque em praticamente todas as áreas analisadas e dessa forma o estado oferece o melhor ambiente de negócios do país”, diz o presidente da InvestSP, a agência de promoção de investimentos do estado de São Paulo, Rui Gomes Junior.

Ao explicar porquê a cidade de São Paulo é a número 1 do país em infraestrutura, o relatório cita, por exemplo, os aeroportos de Congonhas e Cumbica, a menor taxa de homicídios do Brasil e a malha rodoviária, que “influencia desde o escoamento da produção e o acesso a insumos até a alocação de recursos humanos afetando o custo de produção e o preço final dos produtos e serviços, além da qualidade de vida de empreendedores, funcionários e clientes”. O documento ainda afirma que várias outras cidades paulistas também se beneficiam dessa infraestrutura.

Veja o ranking das melhores cidades do Estado para empreender:

01º. São Paulo

11º. Osasco

12º. Jundiaí

16º. São Bernardo do Campo

17º. São José dos Campos

19º. Santo André

25º. Piracicaba

28º. Campinas

33º. Ribeirão Preto

37º. Mogi das Cruzes

38º. Diadema

39º. Sorocaba

42º. Limeira

48º. Bauru

52º. Santos

54º. Praia Grande

56º. Franca

59º. Suzano

70º. Taubaté

77º. Guarujá

83º. Mauá

87º. São José do Rio Preto

92º. Taboão da Serra

93º. Sumaré

97º. Itaquaquecetuba

99º. Guarulhos

100º. São Vicente

101º. Carapicuíba

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp