100 dias de gestão: Governo de SP investe no turismo gastronômico, náutico e rural

São mais de 250 cidades envolvidas no maior programa de valorização da gastronomia já realizado no estado de São Paulo

100 dias de gestão: Governo de SP investe no turismo gastronômico, náutico e rural

O Governo de SP lançou nos primeiros 100 dias de gestão um conjunto de ações de fomento ao turismo gastronômico do estado. O maior programa de Valorização da Gastronomia Paulista já criado em São Paulo – “Sabor de SP”, da Secretaria de Turismo e Viagens, está ampliando de sete para 10 o número de rotas gastronômicas para estimular toda a cadeia de produção ligada ao setor.

A ação prevê capacitação; qualificação; presstrip; promoção; 10 festivais promovendo produtos regionais, produtores regionais, estabelecimentos e chefs e calendário estadual de festas e eventos, tendo a culinária regional como foco. São mais de 250 cidades envolvidas em diversas regiões. As iniciativas envolvem potenciais investidores, hoteleiros e representantes da área alimentícia interessados em adquirir produtos no atacado ou gerar negócios mais contínuos e efetivos.

“O Turismo de São Paulo está atuando em várias frentes: melhorando a conectividade entre os destinos, avançando em gastronomia, estruturas náuticas e turismo rural”, afirmou o secretário Roberto de Lucena. “A estratégia do governador Tarcísio de Freitas é descentralizar o setor e levar desenvolvimento para os municípios do interior”, disse.

Turismo Náutico
Será a primeira vez que o Governo realiza a entrega de um conjunto de equipamentos náuticos para um segmento de enorme potencial de empregabilidade, gerador de fluxo turístico, distribuidor de renda e de desenvolvimento para municípios que possuem represas, lagos e rios, contribuindo para o desenvolvimento no interior do estado.

O plano de desenvolvimento do turismo náutico definido nestes primeiros 100 dias vai transformar a realidade de 13 municípios do interior do estado, localizados à beira de rios, lagos e represas: Avaré, Fartura, Pederneiras, Piraju, Sales, Timburi, Araçatuba, Mira Estrela, Pereira Barreto, Presidente Epitácio, Rosana, Rubineia e Três Fronteiras.

Com investimentos de R$ 18 milhões do Turismo de SP, o número de turistas e excursionistas que atualmente não ultrapassa 1,7 milhão por ano nas 13 cidades chegará a quase seis milhões em dez anos, de acordo com estudo do CIET, ligado à Setur. A movimentação financeira direta e indireta nestes municípios deve passar de R$ 2,5 bilhões para R$ 8 bilhões por ano no mesmo período.

Programa de Desenvolvimento do Turismo Rural
Também nesses 100 dias, o Turismo Rural ganhou parceiros estratégicos para avançar em questões normativas e um plano de ação para fomentar um dos segmentos de maior potencial no estado, com mais de 1.200 propriedades rurais cadastradas.

A Setur-SP assinou no final de março um Protocolo de Intenções com a FAESP/SENAR e SEBRAE com o objetivo de avançar na legislação trabalhista e fiscal no estado e estender a capacitação já existente no Senar/Sebrae; estabelecendo critérios para Selo de boas Práticas no Turismo Rural, além de um calendário de eventos rurais.

O Fórum de Turismo Rural tomou posse no último dia 29 com membros de cinco secretarias de Estado (Turismo, Agricultura e Abastecimento, Desenvolvimento Econômico, Cultura e Economia Criativa, e Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística) além de parceiros como Abraturr, de empreendimentos hoteleiros e parceiros acadêmicos (ECA-USP, ESALQ, IFSP e UNESP).

Foi lançado ainda um Plano de Ações do Turismo Rural, documento estratégico que estabelece um panorama do segmento com as diretrizes para a construção do Plano Estadual de Turismo Rural de São Paulo, a base para o desenvolvimento do setor, incluindo atrativos, roteiros, circuitos, vivências e experiências. Os destinos de Turismo Rural estão entre os segmentos mais procurados nessa retomada econômica.

O Turismo Rural está entre os segmentos mais procurados pelo viajante desde o início da pandemia. Há pouco mais de uma década, São Paulo se consolidou como o maior destino de turismo rural no Brasil, com crescimento de quase 30% ao ano, segundo o Sebrae, em parceria com a PRB Consultores Associados e Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural.

100 dias
Na próxima segunda-feira (10), a atual gestão do Governo de SP completa 100 dias de trabalho. Um fator de destaque é o foco no que a atual gestão do governador Tarcísio de Freitas tem dado para o diálogo com todas as esferas de poder e sociedade civil, alinhada com a premissa de que São Paulo são todos. O governo apresenta como prioridade as diretrizes dos eixos da dignidade, do desenvolvimento e do diálogo, chamado governo 3D.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp