Um ano da pista da Tamoios: via ajudou a levar auxílio humanitário ao Litoral Norte

A SP-099 foi a principal rota usada pelos motoristas que desceram a serra e não puderam retornar pela SP 055 ou a Mogi-Bertioga no Carnaval

Um ano da pista da Tamoios: via ajudou a levar auxílio humanitário ao Litoral Norte

Um ano da pista da Tamoios via ajudou a levar
Outro resultado positivo neste primeiro ano da rodovia foi a queda de 21,5% no número de acidentes no trecho de Serra

A Nova Pista de Serra da Rodovia dos Tamoios (SP-099) completa um ano de operação neste domingo (26). O trecho foi fundamental no esforço de resposta às fortes chuvas e consequentes deslizamentos que atingiram o Litoral Norte durante o Carnaval. Por causa da Nova Pista, a logística de atendimento às vítimas, envio de doações e deslocamento de equipes durante a tragédia foi facilitado.

A ajuda humanitária e o deslocamento de equipes para atendimento dos desabrigados e recuperação dos trechos afetados, além do maquinário utilizado nas ações, se beneficiaram da maior facilidade de acesso.

De acordo com informações do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussp), em parceria com a Defesa Civil do Estado, 359 toneladas de doações (alimentos, roupas, artigos de higiene e limpeza) foram enviadas para os desabrigados da tragédia. A Concessionária Tamoios, gestora da rodovia, enviou máquinas e equipes para auxiliar na limpeza da SP-055 em Barra do Sahy.

Além disso, o trecho serviu como rota alternativa para os turistas que se deslocaram para o Litoral Norte durante o Carnaval e acabaram surpreendidos pelos desastres na volta para casa. Muitos motoristas que se deslocaram para a região por outras rodovias utilizaram a Nova Pista de Serra da Tamoios para retornar de viagem, já que a Rodovia Doutor Manoel Hyppólito Rego (SP-055) e a Rodovia Mogi-Bertioga (SP-098) foram interditadas em diversos trechos por queda de taludes.

No dia de maior fluxo de subida da Serra durante o Carnaval, 21 de fevereiro, mais de 70 mil veículos seguiram no sentido Vale do Paraíba. Nessa data, foi possível implantar a Operação 3 x 1 na Nova Pista de Serra da Tamoios.

Levantamento da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) apontou que o total de veículos que subiu a Serra pela Tamoios durante o Carnaval (196.376) foi 61% maior do que o número dos que desceram (120.069). Nos 14 dias após o Carnaval, mais de 470 mil veículos trafegaram pela Tamoios.

Atualmente, o percurso de subida da Serra pode ser feito em cerca de 16 minutos, com velocidade máxima de 80 km/h. A duplicação beneficia cerca de 3,3 milhões de habitantes dos municípios de Caraguatatuba, Ilhabela e São Sebastião e de todo o Vale do Paraíba e os mais de 22 milhões de usuários da rodovia por ano.

A Nova Pista de Serra da Tamoios é composta por seis viadutos e quatro túneis – sendo um deles com extensão de 5.555 metros, o maior túnel rodoviário do país. A nova via conta também com câmeras de monitoramento, um moderno sistema de iluminação com geradores que garantem o funcionamento de todo o sistema, sistema de comunicação com o usuário que conta, inclusive, com aplicativo, sistema Wi-Fi e telefones de emergência a cada 60 metros, além de túneis de serviço para socorro a emergências. Com a obra, foram gerados cerca de 3 mil empregos e o investimento foi de cerca de R$ 3 bilhões.

Redução de acidentes

Outro resultado positivo neste primeiro ano da rodovia foi a queda no número de acidentes no trecho de Serra. Entre março de 2021 e fevereiro de 2022 (um ano antes da inauguração dos túneis), foram registrados 186 acidentes, quando a Pista Antiga da Serra operava em duas mãos – para subida e descida. Já entre março de 2022, quando foi inaugurada a Nova Pista de Serra, e fevereiro de 2023, o total foi de 146, uma queda de 21,5%.

O resultado é reflexo da duplicação do trecho de Serra, que separou o tráfego nos dois sentidos, trazendo mais segurança e conforto aos motoristas. Desde então, a Antiga Pista de Serra (Sul) foi repaginada, com duas faixas de descida e acostamento. A Nova Pista de Serra (Norte) está com o fluxo de subida, com modernos túneis e viadutos.

Se comparados somente os dados da Pista Antiga da Serra, a queda foi ainda maior, de 36,5%. Entre março de 2022 e fevereiro de 2023, foram 118 acidentes contra os 186 do período anterior (quando todo o tráfego seguia pela Pista Antiga).

“A duplicação da Serra da Tamoios, com a inauguração do trecho de subida, trouxe mais segurança aos usuários oferecendo mais conforto e uma rodovia com tecnologia moderna, que visa atender com excelência todos que trafegam pela SP-099”, enfatiza o diretor-geral da Artesp, Milton Persoli.

Nova Pista de Serra da Tamoios (pista de subida)

• Possui 22 quilômetros de extensão;
• Túneis possuem 664 câmeras, que identificam emergências e permitem videomonitoramento pela Polícia Militar Rodoviária;
• Possui rede Wi-fi em toda sua extensão, rádio web e aplicativo que inclui botão “S.O.S”;
• Oferece telefones de emergência a cada 60 metros;
• Possui uma brigada de incêndio criada especialmente para atendimento nos novos túneis;
• Todos os túneis contam com sistema de alto-falantes e saídas de emergências a cada 200 metros; medidores da qualidade do ar, sistemas de ventilação longitudinal e detectores de calor.

Fonte: Governo do Estado SP

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp