Ação policial resulta em 11 mortes na região metropolitana do Rio

Chefe do tráfico de drogas no Pará está entre as vítimas

Uma operação conjunta do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil, unidades de elite da segurança pública do Rio de Janeiro, realizada nesta quinta-feira (23) no Complexo de Favelas do Salgueiro, em São Gonçalo, resultou na morte de 11 pessoas.

Entre os mortos, está Leonardo Costa Araújo, de 37 anos, conhecido como Leo 41, que chefiava o tráfico de drogas no estado do Pará. Segundo os policiais, ele tentava suas atividades para o Rio de Janeiro, em parceria com a facção criminosa Comando Vermelho. A ação de hoje contou com o apoio da Polícia Civil do Pará.ebcebc

Na ação, duas moradoras da comunidade ficaram feridas e foram levadas para atendimento no Hospital Estadual Alberto Torres. Por causa da operação, escolas da rede municipal de ensino e postos de saúde de São Gonçalo, região metropolitana do Rio, não abriram nesta quinta-feira.

Dois helicópteros blindados deram apoio às equipes de terra. Dois fuzis foram apreendidos pelos agentes de segurança.

Em suas redes sociais, o governador Cláudio Castro comentou a ação policial: “Dois bandidos que chefiavam facções criminosas em Sergipe e no Pará foram capturados hoje pelas nossas forças estaduais de segurança. Graças a um trabalho integrado e de inteligência das polícias Civil e Militar, os criminosos foram localizados na Maré e em São Gonçalo”.

O governador parabenizou o Bope e a Core. “Confiamos nas nossas polícias, que operam num cenário mais desafiador do que capital do mundo. Parabéns ao Bope e a Core. Não vamos admitir que o Rio seja usado como esconderijo de bandidos de outros estados”, escreveu Castro.

Em outra ação no Complexo da Maré, zona norte do Rio, a Polícia Militar prendeu hoje o chefe de uma facção criminosa do estado de Sergipe. Breno Vinicius Garção Martins, de 30 anos, conhecido como Matuto. Ele foi preso na favela Nova Holanda, uma das 16 comunidades da Maré, por equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Contra o criminoso, havia um mandado de prisão por homicídio.

Na ação, a polícia apreendeu um fuzil e uma pistola automática. Ao todo, 21 escolas municipais e duas escolas da rede estadual de educação ficaram fechadas, por medida de segurança.

Ação policial resulta em 11 mortes na região metropolitana do Rio

Fonte: Agência Brasil

Sobre o autor da postagem:

Conexão Jornalismo

Conexão Jornalismo

Com a Missão de levar notícia e informação para os leitores, a Conexão Jornalismo trabalha com as melhores fontes de notícias e os melhores redatores.

Fique por dentro:

nos siga no google news

Compartilhe:

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn
WhatsApp