• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

Greve Geral, na Globo, vira "paralisação"
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Atletiba exclui Globo da transmissão da final do Paranaense

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > vídeos

Vídeos

 

Quinta-feira, 06 de Outubro de 2016

Qual a diferença entre os infratores?

Da Redação

A diferença reside na maneira como você vê
A diferença reside na maneira como você vê

Nos enviaram esta imagem via e-mail perguntando se víamos diferença entre os dois personagens. Analisamos, analisamos e constatamos: sim. A diferença não reside no fato de um ser branco e outro negro. Um aparentemente de classe média e outro ser pobre. A diferença está na maneira como cada imagem é apresentada numa rede social. O menino da esquerda sugere um enfrentamento de classes e um gesto de afirmação política. Ele representa o universo político - e a camisa está lá para ratificar - que pretende liberar armas para a sociedade de modo a permitir que cada qual cuide da própria defesa.



Este pensamento, importado dos Estados Unidos, tem como objetivo alimentar a já bilionária indústria de armas. Nada além. E os políticos deste setor cumprem esta missão como lobistas.

Já o jovem que está à sua direita na foto é o clássico representante de uma sociedade desigual. Ele tem na arma o seu ganha-pão. Defende com ela, e ironicamente com o fuzil importado dos EUA, o direito da classe média, rica e pobre cheirar. Ganha uma merreca em grana que permitirá levar para casa e se distanciar do mundo operário de onde nasceu. O dinheiro será pago por traficantes - estes sim, riquíssimos - e que não vivem no morro - embora nossa velha mídia insista no contrário.

O jovem negro garante com a vida o direito do branco usar a droga. A este, ao branco, restará os efeitos psicológicos e biológicos da droga. Não mais.

Ele é, portanto, a parte vulnerável neste processo do comércio de contrabando de armas e drogas.O campo visível e o escudo para todos os males deste ambiente. Matá-lo, ou aos seus iguais, dá a anestesia de que a sociedade precisa para seguir seu conto de fadas.

Então, se há diferença? Claro que há. A diferença é que são farinhas do mesmo saco embora achemos que não.

 

Veja também:

>> Entrega do pré-Sal teve apoio unânime do PSDB e PRB

>> Lula erra quando diz que projeto é ganhar as próximas eleições

>> Bala de borracha ficou alojada na perna de militante do MTST

>> Apresentadora da Globonews diz que Paes perdeu eleição no Rio porque quis

>> The Walking Dead: você nunca mais será o mesmo depois desta série - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Qual a diferença entre os infratores?
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!